Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

CRIME

Rapaz é preso depois de estuprar
a enteada com necessidades especiais

Vítima passou três dias na casa da mãe, onde teria sido abusada

17 AGO 2017Por MARIANE CHIANEZI19h:00

Padrasto de 20 anos foi preso após ser apontado como estuprador de uma jovem de 24 anos, enteada dele, em Campo Grande. Vítima, que tem necessidades especiais físicas e psicológicas, contou para a avó o ocorrido. A Polícia civil informou que a jovem tem idade mental de 5 anos.

Conforme as autoridades, a jovem, que mora com a avó, passou três dias na casa da mãe, onde o padrasto também mora. Quando retornou para casa passou a ter comportamento anormal.

A jovem então disse que “havia acontecido algo de errado entre ela e o padastro”. E, desde então, passou a recusar a visitar novamente a mãe. Fato levantou desconfiança da avó.

Vítima somente conseguiu comunicar-se com o decorrer dos dias, devido aos problemas de saúde. Responsável pela jovem procurou a Polícia Cívil para denunciar a violência.

Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) da Capital recebeu as informações e apura o caso. O suspeito é apontado por ter cometido estupro de vulnerável. A Polícia Civil não divulgou o que foi dito no depoimento pelo padrasto.

Leia Também