domingo, 22 de julho de 2018

Estelionato

Quadrilha aplicava golpe em locadoras para furtar carros

Bandidos "investiram" R$ 120 mil no crime

30 NOV 2017Por LUANA RODRIGUES17h:28

Uma quadrilha de estelionatários de São Paulo foi presa em Campo Grande. Eles alugavam carros de empresas locadoras, para depois furtá-los. O golpe foi descoberto pela Polícia Civil, na madrugada de hoje. Sete pessoas foram presas e cinco veículos recuperados.

De acordo com o delegado Paulo Henrique Sá, da 3ª Delegacia de Polícia Civil, uma denúncia levou os policiais até os criminosos. Eles estavam hospedados desde o dia 18 de novembro num hotel no bairro Amambai, depois mudaram para outro hotel, desta vez de luxo, na Avenida Afonso Pena, Centro de Campo Grande.

Gessica Bonfim Gomes, 29 anos, Jheyne da Silva Pereira, 26 anos, e Tainá da Silva Souza, 22 anos, confessaram que haviam sido contratadas para alugar carros de luxo, usando documentos próprios, que depois seriam negociados no esquema. Elas contaram que recebiam de R$ 500 a R$ 1 mil por veículo alugado.

Fabio Francisco Brito Silva, 38 anos, e Cleber Além Lima, 36, tinham a função de viajar e repassar os veículos para atravessadores de São Paulo. Mariana Baldez da Silva Tomazzoto Benites, 30 anos, esposa de Fabio, foi presa por compactuar com a quadrilha. Já Mailson Alex Cordeiro, 28 anos, foi preso por estar com um dos veículos em casa.

Ao todo, foram apreendidos dois Fiat Toro, um Corolla, um Nissan Kickis SL, além de um Honda City, que não era um carro alugado, mas estava em posse da quadrilha.

À polícia, os criminosos contaram que investiram cerca R$ 120 mil para bancar hospedagem, alimentação e outras questões,  afim de aplicar o golpe. O valor ganho pela quadrilha por carro "atravessado" não foi informado.

A polícia investiga se os veículos tinham as placas clonadas ou eram desmanchados em São Paulo. Também é investigada a participação de outras pessoas no golpe. Os presos foram indiciados por estelionato e associação criminosa.

Leia Também