Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Estelionato

Presos falsos empresários que aplicavam golpes no comércio

20 AGO 15 - 10h:46VÂNYA SANTOS

Pedro Matias do Nascimento, 50 anos, e Arnaldo Almeida de Souza, 21 anos, foram presos nesta semana por policiais do Setor de Investigação Geral do Departamento de Polícia da Capital (SIG/DPC). A dupla é acusada de aplicar golpes no comércio de Campo Grande.

De acordo com a polícia, Pedro Matias e Arnaldo se passavam por donos de uma empresa de construção para fazer compras em várias lojas por meio de telefone, e-mail e até pessoalmente. Para garantir o sucesso das compras eles também emitiam cheques e duplicatas.

Arnaldo foi preso em sua casa, na Rua José Anache, no Bairro Mata do Jacinto, onde confessou os golpes e revelou que atuava junto com Pedro Matias e Pedro de Lima. Ele disse ainda que os comparsas estariam no cruzamento da Avenida Tamandaré com Avenida Júlio de Castilhos.

Pedro de Lima fugiu ao perceber a presença dos investigadores. No local foram encontrados dois veículos, além de cestas básicas, cobertores, ferramentas, TV de 39 polegadas, retroprojetor, bebidas, máquinas de pressão e vários outros objetos adquiridos por meio de golpes. Os produtos estão avaliados em R$ 8 mil.

Com Pedro Matias, que foi abordado no imóvel, policiais encontraram três Carteiras Nacionais de Habilitação e uma Cédula de Identidade, que ele afirmou serem falsos.

Arnaldo e Pedro Matias foram autuados em flagrante pelos crimes de estelionato e associação criminosa. Em seguida, foram encaminhados ao sistema prisional.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Após morte de peixes, MP abre inquérito para apurar regularidade de esgoto
RIO ANHANDUÍ

Após morte de peixes, MP abre inquérito para apurar regularidade de esgoto

Tarifa de pedágio da ponte sobre Rio Paraguai aumenta 2,83% em janeiro
PREPARE O BOLSO

Tarifa de pedágio da ponte sobre Rio Paraguai aumenta 2,83% em janeiro

A exemplo da Paulista, 14 de Julho será fechada para carros aos domingos
A PARTIR DE AMANHÃ

A exemplo da Paulista, 14 de Julho será fechada para carros aos domingos

Cobrando melhorias e reajuste salarial, motoristas protestam na Afonso Pena
TRANSPORTE PÚBLICO

Cobrando melhorias e reajuste salarial, motoristas protestam na Afonso Pena

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião