Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

itens de computador

Preso suspeito de desviar da prefeitura
R$ 200 mil em peças de informática

Crime foi denunciado por outro funcionário, que avisou à direção da Agetec

21 AGO 2017Por VÂNYA SANTOS E RENAN NUCCI12h:00

Marcelo Barros dos Santos, de 38 anos, foi preso hoje de manhã por peculato. Ele é acusado de desviar aproximadamente R$ 200 mil em equipamentos de informática da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec), em Campo Grande.

Delegado responsável pelo caso, Jairo Carlos Mendes, explicou que há 18 anos Marcelo trabalha em uma empresa que presta serviço à Agetec. Atualmente, ele exercia o cargo de supervisor de manutenção.

Autoridade policial contou que as investigações começaram há cerca de 60 dias, quando um funcionário da Agetec informou à direção que peças de informática estavam sendo desviadas da Agência. Na ocasião, ele relatou que em sua casa havia vários componentes, como HD, Switch e câmeras de segurança, guardados a pedido de Marcelo, seu superior.

Ao tomar conhecimento do fato, direção da Agetec comunicou o caso aos policiais da 5ª Delegacia. Testemunha foi chamada à unidade policial para contar o que sabia, equipamentos foram apreendidos e Marcelo desligado da empresa onde trabalhava.

Hoje pela manhã, investigadores cumpriram mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão na residência de Marcelo, que fica na região do Bairro Portinho Pache. Ordens foram expedidas pela 5ª Vara Criminal.

No local foram encontrados mais equipamentos de informática e a suspeita é de que o supervisor tenha desviado R$ 200 mil em produtos. Caso também será investigado pelo Ministério Público.

Leia Também