Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Impasse

Sem proposta da prefeitura, professores mantêm greve

Prefeitura informou que vai esperar decisão da Justiça para resolver impasse

20 AGO 15 - 16h:00Glaucea Vaccari e Maressa Mendonça

A Prefeitura de Campo Grande não formalizou a proposta de reajuste aos professores da Rede Municipal de Ensino (Reme) e a greve continua. Uma assembleia foi realizada pela categoria na tarde desta quinta-feira (20) para debater o pagamento do reajuste de 13,01% parcelado em dez vezes, mas o documento não foi entregue. 

Inicialmente, a assembleia, que estava marcada para as 14h, foi adiada em uma hora porque os professores esperavam pela assinatura do documento com esta proposta, porém, o advogado que representa o Sindicato Campo-Grande dos Profissionais da Educação Pública (ACP), Ronaldo de Souza, disse ao Portal Correio do Estado que não há proposta concreta e que o impasse será decidido pela Justiça.

Em reunião realizada na noite de quarta-feira (19), ficou decidido que uma petição conjunta entre a ACP e a prefeitura para solicitar à Justiça que os processos de ambas as partes que estão tramitando sejam mais rápidos. O objetivo disso é que com o fim dos processos judiciais, a categoria e a prefeitura possam negociar de forma mais efetiva.

Conforme Ronaldo, a prefeitura sinalizou que se a Justiça decidir a favor dos professores, o reajuste será pago parcelado em 10 vezes. 

A greve, que já passou dos dois meses, tem números distintos de paralisação. Por um lado, a prefeitura diz que apenas 4 escolas têm as atividades parcialmente em funcionamento. De outro, os grevistas afirmam que há quase 10 escolas paralisadas.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Suzano instalará mais uma fábrica de celulose em Mato Grosso do Sul
RIBAS DO RIO PARDO

Suzano instalará mais uma fábrica de celulose em Mato Grosso do Sul

Cidade Solar é inaugurada com capacidade de geração de 9,36 milhões de kWh/ano
ENERGIA SOLAR

Cidade Solar é inaugurada com capacidade de geração de 9,36 milhões de kWh/ano

Decisão do TJ sobre PRF que matou empresário abre precedente no STF
RICARDO SU MOON

Decisão do TJ sobre PRF que matou empresário abre precedente no STF

Após um mês, emissão de RG é regularizada em Mato Grosso do Sul
FINALMENTE

Após um mês, emissão de RG é regularizada em MS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião