Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

21 obras paradas

Prefeitura da Capital usará verba
estadual em contrapartidas

Acordo assinado em março envolve valores de R$ 50 milhões

17 AGO 17 - 06h:00DA REDAÇÃO

Convênio firmado entre Prefeitura de Campo Grande e governo do Estado para uso de recursos estaduais em serviços de tapa-buraco e recapeamento servirá para garantir contrapartidas de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que estão paradas há anos.

Esse acordo foi fechado em março deste ano, no valor de R$ 50 milhões (R$ 25 milhões do governo e R$ 25 milhões da gestão municipal).

Por enquanto, R$ 15 milhões – dos R$ 25 milhões destinados a Campo Grande pelo Estado – já estão certos que serão usados para contrapartidas, mas haverá mais dinheiro, conforme informou, ontem, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante inauguração da revitalização do cruzamento entre as avenidas Nely Martins/Via Park e Mato Grosso.

O anúncio será feito na terça-feira, dia 22. “Dia 22 vamos anunciar um grande volume de investimentos em infraestrutura urbana, com inúmeros bairros pavimentados”, garantiu, sem informar valores. 

Tal auxílio à cidade decorre de lista encaminhada ao Estado, em 6 de julho deste ano, quando vereadores foram até a Governadoria e apresentaram 21 obras paradas em Campo Grande que precisam de contrapartida.

A prefeitura necessita de R$ 400 milhões e, na data, a expectativa era de que o Estado ajudasse com R$ 60 milhões ou R$ 80 milhões. 

Até agora, a primeira obra a receber dinheiro do Estado para contrapartida foi o asfaltamento do Bairro Nova Lima, onde lançamento do início dos serviços ocorreu semana passada.

Ao todo, R$ 20.891.948,77 estão sendo investidos, sendo R$ 19.110.075,66 do governo federal por meio da Caixa Econômica Federal (CEF) e R$ 1.791.873,11 do governo estadual.

*Leia reportagem, de Lucia Morel, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Inscrições do Sisu serão de 21 a 24 de janeiro
SISU

Inscrições do Sisu serão de 21 a 24 de janeiro

Última rodada do Brasileirão traz briga para fugir do rebaixamento
FUTEBOL

Última rodada do Brasileirão traz briga para fugir do rebaixamento

Jovem de 14 anos se afoga em piscina do Círculo Militar
SUSTO

Jovem de 14 anos se afoga em piscina do Círculo Militar

Vacina de febre amarela será aplicada em todos os municípios de MS
IMUNIZAÇÃO

Vacina de febre amarela será aplicada em todos os municípios de MS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião