Terça, 12 de Dezembro de 2017

CAMPO GRANDE

Prefeitura abre licitação para gerenciamento dos radares na Capital

Aparelhos estão paralisados há quase um ano, desde o fim do contrato

4 OUT 2017Por MARESSA MENDONÇA E TAINÁ JARA09h:00

A Prefeitura de Campo Grande abriu hoje a licitação para contratação de empresa especializada no gerenciamento dos radares. As propostas das empresas deverão ser entregues até o dia 6 de novembro. O critério para a escolha será o de menor preço.

Conforme publicado no Diário Oficial do município (Diogrande), a empresa vencedora será responsável pelo “gerenciamento dos equipamentos registradores de infrações de trânsito, com registro de imagens, do tipo automático e sensores não intrusivos, radar estático portátil, câmeras para fiscalização por videomonitoramento e talonários eletrônicos de infração nas vias e logradouros públicos da cidade”.

Os aparelhos estão paralisados há quase um ano, desde o encerramento do contrato com a empresa Perkons, que prestou serviço entre 2010 e 2016 ao custo inicial de R$ 22.531.392,00 para operar em 48 meses.

Desde então, 97 radares, instalados em 53 pontos da cidade, e 30 faixas de lombada, existente em 16 locais, não estão funcionando.

A falta de fiscalização ocasionou em queda na arrecadação municipal. Até ontem a prefeitura havia arrecadado R$ 7.866.138,67 em multas, o valor não representam nem 25% da previsão anual para 2017, de R$ 31.979.000,00.

O valor não representa nem 45% do total arrecadado em multas no ano passado. Entre janeiro e agosto de 2016, as infrações renderam R$ 18.281.631,11 em multas.

 

Leia Também