Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

REAJUSTE

Diesel mais barato não evitará aumento da tarifa do ônibus

Afirmação é do diretor da Assetur, que afirmou não ter condições de reduzir valor

12 AGO 2015Por NILCE LEMOS18h:00

João Rezende, diretor da Assetur, falou na tarde desta quarta-feira (12), durante coletiva de imprensa de apresentação do Sistema de Biometria Facial, sobre a expectativa no reajuste da tarifa de ônibus para 2016.

Segundo Rezende, não há chance de redução no preço da tarifa para o próximo ano. “Prefiro ser realista, não temos como reduzir o preço, e dificilmente mantê-lo. Mas acredito que devido a redução preço do diesel por conta da redução da alíquota do ICMS, o reajuste não será tão alto nas passagens do transporte coletivo”.

Portanto, em 2016, as tarifas de ônibus terão sim, aumento. A definição do valor será em novembro, na reunião anual da Agencia de Regulação da Prefeitura.

INVESTIGAÇÃO

O Ministério Público Estadual está investigando o porquê  a tarifa do transporte coletivo de Campo Grande não ficou mais barata, mesmo com a redução no preço do diesel.

Segundo o MPE, o procedimento administrativo (001/2015) acompanhará a atuação da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande, a AGEREG, no processo regulatório que fixa a tarifa do transporte coletivo da Capital, que hoje tem o valor de R$ 3.

Leia Também