Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Protestos

Por segurança, prefeitura cancela festa de lançamento dos 116 anos da Capital

Em nota, prefeitura diz que teme pela integridade física de servidores e do Clube Estoril

7 AGO 15 - 12h:15ALINY MARY DIAS

Depois de confrontos ocorridos na Câmara Municipal e protestos durante discurso do prefeito Gilmar Olarte (PP), na abertura do Festival do Sobá, a Prefeitura de Campo Grande decidiu cancelar cerimônia de lançamento da programação do aniversário da Capital, que seria realizada na noite desta sexta-feira (7).

Em nota oficial divulgada há pouco pela prefeitura, a justificativa do cancelamento é a segurança. Segundo a administração municipal, havia temor de que funcionários públicos fossem agredidos e o espaço do Clube Estorial, onde seria o evento, fosse alvo de vândalos.

Na nota, a prefeitura responsabiliza pessoas ligadas ao ex-prefeito Alcides Bernal e a vereadores da oposição, que estariam organizando protestos durante a festa de lançamento da programação dos 116 anos da Capital.

Na solenidade, seriam anunciadas obras a serem inauguradas no decorrer do mês, que somam R$ 45 milhões, além de R$ 130 milhões em assinatura de Ordens de Serviço e início de novas obras.

Nova data da cerimônia, que também comemoraria os 500 dias de gestão de Olarte, ainda não foi divulgada.

Confira abaixo a nota da prefeitura na íntegra:

Com a preocupação de preservar a integridade física do funcionalismo público municipal, dos colaboradores, autoridades e demais convidados, e garantir a preservação estrutural do Clube Estoril, patrimônio social e cultural da cidade, a Prefeitura Municipal de Campo Grande optou por suspender o evento comemorativo aos 116 anos de Campo Grande e aos 500 dias de gestão do prefeito Gilmar Olarte, que seria realizado nesta sexta-feira, 7.

A decisão é fruto do clima de confronto promovido por setores da oposição irresponsável - capitaneada pelo ex-prefeito cassado Alcides Bernal e pelos vereadores Luiza Ribeiro, Paulo Pedra e Alex do PT - que têm se valido das redes sociais e de grupos no WhatsApp para convocar sua claque no objetivo de promover atos de violência durante a festa.

O prefeito Gilmar Olarte lamenta a suspensão da comemoração, mas afirma que, em sua administração, o bem comum e a paz estarão sempre em primeiro lugar.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Consórcio oferece reajuste de 2,55%, mas decisão fica para amanhã com representante da prefeitura
TRANSPORTE COLETIVO

Consórcio oferece reajuste de 2,55%, mas decisão fica para terça-feira

INSS suspende 3,2 mil benefícios por indícios de fraude em MS
PENTE FINO

INSS suspende 3,2 mil benefícios por indícios
de fraude em MS

Pagamento do 13º do Bolsa Família soma R$ 42 milhões em MS
BENEFÍCIO

Pagamento do 13º do Bolsa Família soma R$ 42 milhões em MS

Elevadores falham no Regional e SES fará auditoria para descobrir responsável
VEJA O VÍDEO

Elevadores falham no Regional e SES fará auditoria para descobrir responsável

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião