Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

CASO KAUAN

Policiais continuam amanhã com buscas
pelo corpo de Kauan

Delegado declarou que não divulga endereços para impedir curiosos

28 JUL 2017Por Izabela Jornada18h:53

O caso do desaparecimento do menino Kauan  Andrade Soares dos Santos, de 9 anos, ainda não foi solucionado e a Polícia Civil confirmou que as buscas continuam em ritmo intenso. "Nunca paramos as buscas, porém tem locais que a imprensa não consegue acompanhar", disse o delegado da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), Paulo Sérgio Lauretto, responsável pelo inquérito.

Amanhã (28), policiais continuarão as buscas, mas não quiseram divulgar o local para impedir aglomeração de curiosos e da imprensa.

Policiais estão procurando principalmente roupas e calçados para servirem de prova contra o crime de homicídio. Os mesmos objetos podem ter a função de auxiliar no trabalho de tentar localizar o corpo da criança vítima de estupro, que pode ser de Kauan.

Na manhã de hoje, foi encontrado tênis em poço perto do Rio Anhanduí, no Aero Rancho. A mãe de Kaun. Janete dos Santos,  foi até a DPCA, mas não identificou que seria do filho dela.

Sobre o suposto cabelo humano que foi encontrado em buscas anteriores feitas pelo Corpo de Bombeiros, dentro de saco, o delegado responsável pelas investigações alegou que ainda aguarda laudo da perícia criminal. "A perícia ainda não foi finalizada. São várias perícias e várias diligências", disse.

Na manhã de hoje (28), Bombeiros estavam na Avenida Thyrson de Almeida, no Bairro Aero Rancho, em Campo Grande, onde o suposto assassino da criança teria jogado o corpo.

Ontem, equipes chegaram a instalar refletores para auxiliar averiguação no rio que corta a Thyrson de Almeida. Um dos suspeitos do crime ainda participou da ação e permaneceu com o rosto coberto para não ser fotografado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também