Quinta, 14 de Dezembro de 2017

OPERAÇÃO SINTONIA

Polícia desarticula quadrilha que
ordenava assassinatos dos presídios

Foram cumpridos mandados na Máxima, na Capital, e em Três Lagoas

5 OUT 2017Por Maressa Mendonça e Renan Nucci07h:48

Criminosos que ordenavam execuções a partir dos presídios são alvo de operação policial deflagrada hoje por agentes da Polícia Civil e da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) em Mato Grosso do Sul. Ao todo serão cumpridos quatro mandados de prisão, um deles no presídio de segurança Máxima de Campo Grande e os outros em estabelecimento penal de Três Lagoas. 

Informações preliminares da Polícia Civil apontam que detentos coordenavam as ações de dentro dos presídios para que outros integrantes da quadrilha executassem. Os homicídios tinham relação com acerto de contas entre eles.

As investigações começaram depois de uma execução em Três Lagoas e apontaram que o grupo também fazia ameaças ao sistema carcerário. 

A Operação Sintonia é realizada pelo Serviço de Inteligência (SIG) da Polícia Civil, agentes da Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras) e da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen).

Leia Também