Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SUSTENTABILIDADE

Estudantes transformam pneu velho em acessório moderno

Matéria-prima dos cintos é obtida de materiais que seriam descartados na natureza

11 SET 15 - 17h:15MARESSA MENDONÇA

Pneus de bicicleta que seriam descartados ganharam outra utilidade nas mãos de adolescentes do projeto Miniempresa e acabaram se transformando em acessórios. São cintos feitos de borracha e coloridos com tinta vinílica para enfeitar e ao mesmo tempo reduzir o volume de resíduos sólidos descartados na natureza.

Os estudantes assistiram tutoriais na internet para aprender a fazer e depois passaram a se reunir aos sábados no Colégio Status, onde estudam, dando início a produção. “Os cintos passam por uma ampla seleção e tudo nele é reaproveitado”, detalhou Guilherme Gabriel que cumpriu o papel de diretor-presidente na miniempresa “Tyre Belt”.

A ideia surgiu depois de o adolescente descobrir que o pneu demora 600 anos para se decompor e não é um material muito procurado para ser reciclado.

“Muitas vezes o pneu vem rasgado, careca. Então a gente seleciona bastante antes de começar a produção com corte, pintura, colocação da fivela e a tinta própria para borracha, completou Guilherme Carvalho, 14 anos, diretor de marketing da empresa. Segundo ele, depois de prontas, as peças são vendidas entre R$ 17 e R$ 22.

Carvalho contou que a preocupação com o excesso de materiais descartados na natureza aumentou depois de ter participado do projeto. “Já tinha, mas não em relação ao pneu. Acho que outras pessoas também deveriam se preocupar com o que não é procurado para reciclagem”.

Sobre a participação,no projeto com outros 24 alunos, Guilherme Gabriel pontuou que “foi uma experiência única”.

Os cintos estarão à venda em frente a loja Renner no Shopping Norte Sul neste fim de semana, em diferentes produtos feitos por outros estudantes também serão expostos.

MINIEMPRESA

O Programa Miniempresa proporciona a estudantes do 2º ano do Ensino Médio a experiência prática em economia e negócios, na organização e na operação de uma empresa. É desenvolvido em 15 semanas, em jornadas semanais, com duração de 3h30min, realizadas nas escolas. Neste Programa, são explicados os fundamentos da economia de mercado e da atividade empresarial através do método Aprender-Fazendo, em que cada participante se converte em um miniempresário. O projeto é da Junior Achievement, associação educativa sem fins lucrativos, mantida pela iniciativa privada.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Marcos Trad teme paralisação de obras em execução
CÓRREGO ANHANDUÍ

Marcos Trad teme paralisação de obras em execução

Danos ao Rio da Prata serão reparados por fazendeiros, prefeitura e Estado
CONCILIAÇÃO

Fazendeiros, prefeitura e Estado irão reparar danos a rio

JBS está com vagas abertas para três cargos em Campo Grande
OPORTUNIDADE

JBS está com vagas abertas para três cargos na Capital

Depois de descumprir punição, consórcio prevê compra de 55 novos ônibus
RENOVAÇÃO DA FROTA

Depois de descumprir punição, consórcio prevê compra de 55 novos ônibus

Mais Lidas