Quinta, 21 de Junho de 2018

infraestrutura

Parada há 4 anos, obra de
Anel Viário fica R$ 3,7 mi mais cara

Valor estimado para conclusão deve chegar a quase R$ 33 milhões

14 MAR 2018Por DA REDAÇÃO07h:00

Orçada em R$ 29,2 milhões, a obra de conclusão do Anel Viário de Campo Grande, localizada entre a BR-262 e a BR-163, vai ficar R$ 3,7 milhões mais cara.

Iniciada em 2011, a construção da última parte do rodoanel está desde 2014 praticamente parada, o que fez com que muito do trabalho já executado se perdesse ao longo do tempo, por falta de manutenção. Com parte do asfalto deteriorado, a prefeitura solicitou a revisão do projeto e agora aguarda um aditivo de R$ 3.776.000,00 para concluir o serviço. Com isso, o custo total do projeto pode chegar perto de R$ 33 milhões.

O aditivo foi solicitado pelo município ao Departamento de Infraestrutura de Transporte (Dnit), em janeiro deste ano, mas não há prazo para liberação. A expectativa do município é de que, a partir do mês que vem, as obras sejam retomadas no local, mas a conclusão só vai acontecer quando o dinheiro extra for liberado. 

Conforme o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Sisep), Rudi Fiorese, cerca de R$ 1,6 milhão vão ser usados para pagar a revisão do projeto, o restante do valor ficará em função da suplementação orçamentária. “Para retomar a obra, a gente ainda tem um pouco do dinheiro da última transferência em caixa, mas para concluir precisamos desse aditivo”, diz.

Segundo dados do Portal da Transparência da União, a obra já recebeu nove repasses desde 2011, quando a última etapa foi iniciada.

*Leia reportagem, de Luana Rodrigues, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Leia Também