Terça, 24 de Abril de 2018

No Centro

Operação conjunta no Centro termina
com veículos apreendidos e detidos

Moradores reclamaram de consumo de drogas e bagunça

14 JAN 2018Por RAFAEL RIBEIRO10h:35

Guarda Civil Municipal e polícias Militar e Civil desencandearam, na noite deste sábado (13), uma operação conjunta planejada para coibir o excesso de condutores bêbados e possível venda e consumo de drogas em bares que ficam nas ruas Rui Barbosa, João Pedro de Souza, Bariri e Severino Ramos de Queirós, na região central de Campo Grande.

Segundo denúncias de moradores, há cerca de 40 dias a região vive problemas diários com música alta, uso de entorpecentes e até jovens consumando relações sexuais em plena rua, aproveitando-se de um posto de gasolina desativado que fica na região.

Com as reclamações em mãos, a GCM agiu: organizou a operação e a executou em conjunto com as outras forças, defronte a um dos bares apontados como o local de concentração de pessoas, principalmente jovens e também adolescentes.

Ao todo, 68 notificações foram expedidas pelas equipes, com 19 condutores flagrados sem habilitação, 26 veículos com documentação vencida, cinco com a CNH expirada. Também teve 17 carros apreendidos, 16 motos, cinco motoristas bêbados flagrados na condução e um detido por desacato.

"É de extrema importância essa integração das forças de segurança. Onde quem ganha com isso é a população.  Atendendo o anseio dos moradores próximo a esse posto de combustível a eficácia da integração trabalhou na prevenção e orientação nesse local. Assim obtendo êxito em mais uma operação de muitas que virão. A GCM está a disposição da população campograndense e também somar forças com as demais instituições", disse o comandante da Guarda, Anderson Gonzaga da Silva Assis.

SITUAÇÃO CAÓTICA

Quem passa pela região à noite ou mora perto reconheceu que o problema tinha tomado grandes proporções. "Tornou-se insuportável a algazarra e baderna que vem ocorrendo, com a concentração muito grande de pessoas até o dia amanhecer. A extensão da rua fica toda tomada, ali tem uso de bebidas alcoólicas, menores e entorpecentes. Virou um ponto de drogas, e um horror, moradores da região não têm mais sossego com o som pesado em alto volume", relatou uma moradora da região, que preferiu não ser identificada.

Segunda ela, o "motel a céu aberto" na área fica em uma travessa paralela à Rua Rui Barbosa, em frente ao posto de combustível. "O pessoal faz sexo dentro dos carro e até em cima de capô", relatou.

Ela confirmou que diversas pessoas já tinham registrado ocorrência e solicitado providência de autoridades da segurança pública. "O bar começou a fechar meia-noite, mas encosta uns ambulantes em frente às grades do posto de combustível e ali amanhecem o dia, Até o posto abrir às 6h. É tanta sujeira e gente caída no chão, totalmente embriagada", detalhou a moradora.

VEJA VÍDEO

 
  • Foto: Whatsapp/Correio do Estado
  • Foto: Whatsapp/Correio do Estado
  • Foto: Whatsapp/Correio do Estado
  • Foto: Whatsapp/Correio do Estado
  • Foto: Whatsapp/Correio do Estado

Leia Também