Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 15 de dezembro de 2018

Campo Grande

Olarte, esposa e mais dois são presos pelo Gaeco em ação contra lavagem de dinheiro

Além das prisões, seis mandados de busca e apreensão são cumpridos

15 AGO 2016Por ALINY MARY DIAS09h:11

O prefeito afastado Gilmar Olarte, a mulher dele Andréia Olarte, o corretor de imóveis Ivamil Rodrigues e Evandro Farinelli, foram presos na manhã desta segunda-feira em operação do Grupo Armado de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco).

De acordo com o Ministério Público Estadual (MPE), seis mandados de busca e apreensão e outros quatro de prisão temporária estão sendo cumpridos desde o início do dia.

Além da casa de Gilmar e Andréia Olarte, a empresa da ex-primeira dama, Casa da Esteticista, a casa e o escritório do corretor de imóveis Ivamil, a casa e a empresa de Evandro também são alvos das equipes do Gaeco.

A ação é desdobramento da Operação ADNA, deflagrada ano passado, quando Olarte ainda estava à frente da prefeitura e foi denunciado por usar cheques em branco para financiar suposta compra de votos de vereadores para cassação do prefeito Alcides Bernal (PP).

Segundo o Gaeco, nesta operação são apurados crimes de lavagem de dinheiro, associação criminosa e falsidade ideológica. De março de 2014 até agosto de 2015, período em que Olarte permaneceu como prefeito por conta da cassação de Bernal, a esposa dele, André Olarte, teria adquirido vários imóveis na Capital.

“Alguns em nome de terceiros, com pagamentos iniciais em elevadas quantias, fazendo o pagamento ora em dinheiro vivo, ora utilizando-se de transferências bancárias e depósitos, os quais, a princípio, são incompatíveis com a renda do casal”, informa o Gaeco.

O corretor Ivamil era, segundo a investigação, braço direito da família Olarte nas compras fraudulentas. O quarto preso hoje, Evandro Farinelli, era o laranja que cedia o nome para que os imóveis fossem comprados por Andréia Olarte.

Ao Portal Correio do Estado, por mensagem, a ex-primeira dama afirmou que tudo não passa de politicagem. "Hoje, último dia de candidatura", disse Andréia, que deve se lançar ao cargo de vereadora pelo PROS.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também