Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

TRÂNSITO

Número de acidentes na Capital caiu 14,8% nos últimos cinco meses

Foram 690 colisões a menos que no mesmo período do ano passado

4 JUN 2017Por Izabela Jornada18h:46

Segundo informações do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), o número de acidentes no trânsito de Campo Grande caiu 14,8% de janeiro a maio deste ano, em comparação com o mesmo período de 2016. Foram 3.959 colisões, contra 4.649 registradas no ano passado. 

Os acidentes com vítimas também diminuíram de 2.393 registros nos cinco primeiros meses de 2016 para 2.053 no mesmo período de 2017. O recuo foi de 14,2%, entretanto, o número de mortos no trânsito da capital teve aumento no mesmo período. Foram 35 vítimas fatais, contra 27.

As estatísticas apontam que os acidentes deste ano foram mais graves, mesmo sendo registrados em quantidades menores. O diretor presidente do Detran, Gerson Claro, declarou que diversos fatores levaram a essa análise, mas o principal deles é o excesso de velocidade e a falta de atenção. “Não podemos comemorar a redução, infelizmente os números e a gravidade dos acidentes são preocupantes. Apesar de toda a mobilização e o trabalho contínuo educativo do Detran, ainda temos muito que fazer, e a sociedade precisa mudar o seu comportamento perante o trânsito”, ressalta.

O governador do estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), destaca o trabalho conjunto entre o poder público e a sociedade civil. “Nossas campanhas educativas e o comprometimento dos motoristas já reduziram em 33% o número de acidentes no Estado de 2013 para cá. Mas esse número ainda está muito aquém do que desejamos. Por isso, o engajamento da sociedade como um todo nesse movimento fez e fará toda a diferença por um trânsito mais seguro”, afirma.

Maio Amarelo

O mês de maio foi de alerta para motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres de todo o mundo devido ao movimento Maio Amarelo, que este ano teve a temática #Minhaescolhafazadiferença. A campanha marcou a mobilização em prol da diminuição dos índices de acidentes e mortes no trânsito.

Em Mato Grosso do Sul, o movimento educativo atingiu mais de um milhão de pessoas, através de palestras, gincanas educativas e blitz informativas de ações desenvolvidas em todos os municípios.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o quarto colocado em número de mortes, registrando cerca de 47 mil vítimas fatais no trânsito por ano. Em Campo Grande, de acordo com dados do Detran-MS, de 2013 a 2016, por exemplo, o total de mortes caiu de 116 para 82.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também