Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CAMPO GRANDE

Sistema de reconhecimento facial nos ônibus inibirá irregularidades

Medida visa coibir irregularidades dos usuários beneficiados com isenção da tarifa

12 AGO 15 - 17h:02NILCE LEMOS

A Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) e Assetur - Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano - explicaram na tarde desta quarta-feira (12), durante entrevista coletiva, como funcionará o novo sistema de biometria facial nos transportes coletivos. O objetivo é reduzir o número de irregularidades dos usuários beneficiados com a isenção da tarifa.

Segundo João Rezende, diretor da Assetur, e Janine de Lima Bruno, diretor de transporte da Agetran, o sistema visa coibir o mau uso do cartão de passagem, usado de forma irregular por terceiros. No Estado, o município de Dourados já tem o sistema em funcionamento.

Conforme o diretor da Assetur, a partir de agora, o sistema deixa de ser manual e passa a ser eletrônico. Funciona da seguinte forma: o usuário beneficiado (estudante, idoso, deficiente, entre outros) passam o cartão no leitor e terão que olhar para uma câmera especial, de 90°, que já está instalada nos 593 ônibus da Capital. A câmera faz a leitura biométrica da face e, quando o ônibus retorna a garagem, as imagens são passados via rádio para um software, que compara a foto do cadastro do usuário com a foto da câmera. Um relatório é emitido pelo sistema identificando os possíveis casos de irregularidade, seja de uso por terceiros ou uso em linhas diferentes das cadastradas. Os fiscais então farão a análise desses dados e caso confirmem a irregularidade, o usuário poderá ter o benefício suspenso ou mesmo perdê-lo.

De acordo com João Rezende, de janeiro a julho deste ano, foram feitas 8,1 milhões de viagens gratuitas, ou seja, para quem te o benefício, o que representa 25% ou seja, 1 para 4 usuários do transporte público. As viagens pagar foram 32,4 milhões.

Ainda de acordo com Rezende, o novo sistema não gera aumento na passagem, pois já estava previsto no edital de 2012.

Para o idoso Odarto Pelegrino, 71 anos, o novo sistema foi aprovado: “Tudo que se faz para segurança do passageiro é bom”.

O gerente de tecnologia da Assetur, Aparecido Olímpio Silva, a nova tecnologia é perfeita “A biometria facial é muito melhor e com o tempo vai se aperfeiçoando também”.

Sobre os usuários:

49.200 são estudantes – já fizeram até julho 3,646 milhões de viagens

50.484 são idosos – já fizeram até julho 3.192 milhões de viagens

3.697 deficientes com acompanhante – já fizeram até julho 494 mil viagens

3.047 deficientes sem acompanhante – já fizeram até julho 600 mil viagens

Além destes, 174 mil viagens foram feitas para outros beneficiários.

Das irregularidades, a maioria é dos idosos (uso do cartão por terceiros). A irregularidade maior nas linhas de ônibus diferentes das cadastradas é de estudantes.

Até 31 de julho, 480 cartões foram recolhidos por uso de terceiros.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Munhoz e Mariano serão atração do Arraial de Santo Antônio
13 A 15 DE JUNHO

Munhoz e Mariano são atração do Arraial de Santo Antônio

Parlamentares desembarcam em Ponta Porã para conhecer Sisfron
COMITIVA

Parlamentares desembarcam em Ponta Porã para conhecer Sisfron

Parque dos Poderes será interditado domingo para etapa de concurso
PM E BOMBEIROS

Parque dos Poderes será interditado no domingo

A uma semana do fim da campanha, 75 mil não se vacinaram contra a gripe
CAMPO GRANDE

A uma semana do fim, 75 mil não se vacinaram contra a gripe

Mais Lidas