Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

NOVO DIRETOR

Liberação de parque e construção de pista serão em "curto prazo", diz novo diretor

Leocy assumiu a Funesp depois da saída de Madrugada e garante superar os desafios

5 AGO 2015Por ALINY MARY DIAS E KLEBER CLAJUS10h:12

Empossado nesta quarta-feira (5), o novo diretor-presidente da Fundação Municipal de Esporte (Funesp), Leocy Marinho de Sá, assumiu o cargo afirmando que a prioridade será a liberação do Parque Ayrton Senna, interditado no dia 11 de junho. Além disso, o diretor promete, a curto prazo, construir a tão esperada pista de atletismo do parque, que já teve ordem de serviço assinada em março deste ano e custará R$ 5,9 milhões.

Leocy é funcionário de carreira da Funesp e ocupa o cargo deixado por José Eduardo Amâncio da Mota, o Madrugada, que deixou a pasta para ocupar cargo na Federação Brasileira de Vôlei,

Durante a posse, o novo diretor garantiu que a liberação do Parque Ayrton Senna, localizado no bairro Aero Rancho, deve ocorrer em breve. “Só depende de novo laudo dos Bombeiros e da Saúde. A Seintrha estava corrigindo as irregularidades”, disse Marinho sem detalhar a data prevista para reabertura do parque.

Assim que o espaço for reaberto ao público, o novo desafio será tirar do papel um projeto antigo de construção de uma pista de atletismo no espaço. O projeto já foi anunciado por outras administrações, mas nunca se tornou realidade.

Dinheiro para a execução da obra já existe. No mês de março deste ano, o ministro dos Esportes, George Hilton, esteve na Capital e assinou a ordem de serviço. O projeto custará R$ 5,9 milhões, R$ 2,4 milhões sairá do caixa da prefeitura.

NOVO COMANDO

Sobre o novo ocupante de cargo no primeiro escalão, o prefeito Gilmar Olarte (PP) afirmou que o objetivo da Funesp será trazer mais eventos esportivos a Campo Grande. Situação que, na avaliação do prefeito, aumenta o “giro” da economia.

Olarte ressaltou que dois eventos já confirmados garantem esse aquecimento econômico, são eles a Sotck Car e o Moto Road.

O vereador João Rocha (PSDB) e responsável pela indicação do ex-diretor Madrugada afirmou que o nome de Leocy também foi uma indicação do partido. “Ele é um profissional de carreira e foi feita uma transição em família”, disse Rocha.

Leia Também