Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

PROFESSORES

Prefeitura promete apresentar proposta nesta sexta-feira

Reunião está marcada para às 9h, quando mais uma proposta será feita pelo Executivo

6 AGO 2015Por GABRIEL MAYMONE E MARESSA MENDONÇA18h:03

Depois de tentar acabar com a greve dos professores – que já fez os alunos perderem 59 dias de aula – na Justiça, a prefeitura de Campo Grande se reuniu, na tarde desta quinta-feira (06) com o Sindicato Campo-Grandense dos Professores (ACP). Apesar de não apresentar uma proposta formal, ambas as partes concordaram que houve avanço nas negociações.

O secretário de governo, Paulo Matos, informou que a proposta para acabar com a greve será apresentada na manhã desta sexta-feira (07). “Não discutimos o pagamento integral [do piso nacional, 13,01% de reajuste], mas a forma. Estamos avaliando as alternativas”, pontuou.

Já o presidente da ACP, Geraldo Gonçalves, disse que os professores querem voltar ao trabalho na certeza de que a prefeitura cumpriu o dever. “O sindicato sempre esteve aberto a discussão e já sinalizou que pode parcelar os 13,01% em até dez vezes”. Ainda conforme o sindicalista, todos os dias perdidos serão repostos e a carga horária do aluno será cumprida.

Conforme os dados da secretaria Municipal de Educação (Semed), 58 escolas estão tendo aulas normalmente e outras 36 estão funcionando parcialmente. Dos 5,8 mil professores, 425 continuam em greve.

AÇÃO

A prefeitura de Campo Grande solicitou que a Justiça declare ilegalidade no movimento grevista e que com o corte dos pontos dos funcionários que aderiram ao movimento, os dias sejam descontados da folha de pagamento.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também