Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

NEGOCIAÇÃO

"Não vou ceder a pressão", diz prefeito sobre reajuste para médicos

Prefeito se reunirá com médicos, enfermeiros e ondontólogos de hoje

3 JUL 2017Por BÁRBARA CAVALCANTI15h:19

O prefeito Marcos Trad disse que "não vai ceder" à pressão dos médicos para conseguir reajuste. Em agenda pública na manhã de hoje, Trad reforçou que irá apresentar a mesma proposta à categoria. Além disso, o prefeito também diz não fazer distinção entre categorias e que para eles "todos [os profissionais] são iguais".

"Nós vamos apresentar a mesma proposta que nós apresentamos anteriormente. Só que agora eles viram que realmente eles não podem ser tão intransigentes quanto eles estavam sendo. Nós não temos 27,5% para dar. Primeiro, esbarra no limite prudencial, segundo, não tem, e terceiro porque não seria justo com as demais categorias. Por que só para eles? Eu não vou conceder privilégios a um sem conceder aos outros. Para mim todos são iguais, com diploma, sem diploma, falando três línguas ou não, falando português errado, para mim são todos iguais".

A proposta do Município em conceder reajuste de 6% e cortar plantões da madrugada já tinha sido rejeitada pela categoria. No entanto, o Prefeito diz que "não vai ceder".

"Eles perceberam que não adiantou fazer pressão, que não adiantou entrar em greve, eu não vou ceder. Nós vamos reapresentar a proposta com bom senso, mostrando para eles que, se eles querem ganho do vencimento base, eu não tenho de onde tirar para colocar, agora eu tenho como remanejar dentro do próprio salário deles para incrementar. A gente tira plantões desnecessários e jogaria no vencimento base", explicou o prefeito.

A reunião entre médicos, odontólogos e enfermeiros está marcada para hoje às 17h no Paço Municipal.   

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também