Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Violência avança

Na 'guerra' do crime organizado,
Campo Grande vira ponto de batalha

Execuções provam que o conflito da região de fronteira ganhou terreno

19 AGO 17 - 07h:00DA REDAÇÃO

O cenário de guerra instaurado na fronteira com o Paraguai desde a morte do narcotraficante Jorge Rafaat Toumani, em junho do ano passado, pode ser responsável pela onda de violência recente em Campo Grande, afirma o delegado de Polícia Civil, Jairo Carlos Mendes.

Execuções que antes eram comuns somente na linha internacional, passaram a integrar o cotidiano dos campo-grandenses, como reflexo da disputa entre facções criminosas pelo controle do tráfico de drogas e armas. 

No caso mais recente desta disputa, Fernando do Nascimento dos Santos, 22 anos, foi esquartejado depois de supostamente desrespeitar o Primeiro Comando da Capital (PCC).

O corpo dele foi encontrado em pedaços nos fundos do Jardim Los Angeles. Toda a ação foi filmada e compartilhada nas redes sociais pela organização criminosa, como forma de demonstração de poder e intimidação de seus outros integrantes.

Jairo Carlos Mendes, titular da 5ª Delegacia de Polícia da Capital e responsável por investigar a morte de Fernando, explica que a rivalidade entre grupos é fomentada principalmente pela crise financeira e existencial dos grupos que, a qualquer custo, tentam subjugar os rivais. 

À margem da lei, segundo o delegado, os bandidos criam as próprias regras de conduta e agem como bem entendem, julgando e condenando à morte aqueles que desafiam seus interesses.

“Muitos casos estão relacionados diretamente com o tráfico de drogas. Desacertos ocorridos na fronteira em outras épocas têm sido resolvidos de forma violenta agora na Capital, porque muitos dos envolvidos deixaram aquelas áreas de conflito e vieram para cá em busca de refúgio”, explicou. 

*Leia reportagem, de Renan Nucci, na edição de sábado/domingo do jornal Correio do Estado.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PT e PSL devem ficar com quase 20% do fundo eleitoral
ELEIÇÃO

PT e PSL devem ficar com quase 20% do fundo eleitoral

Dez ruas e avenidas serão interditadas no fim de semana para eventos
TRÂNSITO

Dez ruas e avenidas serão interditadas no fim de semana para eventos

Liverpool leva força máxima para disputar Mundial de Clubes no Catar
CAMPEONATO MUNDIAL

Liverpool leva força máxima para disputar Mundial de Clubes no Catar

Entidades apoiam reforma da Previdência sem emendas
NO ESTADO

Entidades apoiam reforma
da Previdência sem emendas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião