Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

32 ANOS

Mulher morre depois de passar mal em ponto de tráfico e prostituição da Capital

Vítima, de 32 anos, sofreu parada cardiorrespiratória e morreu em unidade de saúde

14 AGO 2015Por LAURA HOLSBACK08h:47

Polícia Civil registrou como morte a esclarecer o óbito de Jehnnfer Núbia de Andrade Lima, 32 anos, ocorrido na noite de ontem (13), depois de ela se sentir mal e ser socorrida na Rua Oclécio Barbosa Martins, imediações da Avenida Costa e Silva, na Vila Progresso, em Campo Grande.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a mulher morreu em decorrência de parada cardiorrespiratória, apesar das tentativas de reanimação.

Apesar de o local ser referência na Capital como ponto de prostituição e tráfico de drogas, a polícia ainda não apurou se a vítima tinha relação com algum desses fatores.

Ainda de acordo com informações, Jehnnfer não portava documentos pessoais e foi identificada por uma prima.

O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol) para exame necroscópico.

(Matéria alterada às 13h50 para correção de informação)

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também