Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SUSTO

Chuva arranca asfalto, deixa família ilhada e caminhão atolado

Chuva atingiu vários bairros e causou estragos

26 FEV 19 - 15h:15LUANA RODRIGUES E TAINÁ JARA

O zelador Vilmar Theisen, 52 anos, passou momentos de tensão, devido a chuva na manhã de hoje, em Campo Grande. Ele e a esposa haviam ido buscar os filhos, de cinco e oito anos, na escola, quando foram surpreendidos pela água no pontilhão da Avenida Ministro João Arinos, que dá acesso a BR-262.

“Eu fui tentar mas não consegui, porque entrou água e o carro estragou. No momento que eu ia atravessar ele ia cruzar o pontilhão e a água ficou a mais ou menos meio metro”, disse.

Ninguém da família se feriu e já não há mais água no local.

Outras vítimas da chuva foram uma mulher e uma criança, que precisaram ser resgatados por policiais militares porque ficaram presos pelo alagamento na rotatória da Avenida Ernesto Geisel com a Rachid Neder.

De acordo com informações apuradas pelo Correio do Estado, a situação ocorreu por volta das 12h. Imagens enviadas ao Correio do Estado mostram os policiais esticando uma corda, por onde as vítimas são conduzidas, em meio a enxurrada. Não há informações sobre a identificação da mulher e da criança, nem dos policiais que a socorreram.

No bairro Chácaras dos Poderes, um caminhão foi arrastado pela força das águas e atolou no local. 

No Jardim Noroeste, entre a Rua Vaz de Caminha e Jordão, o asfalto foi completamente arrastado pela lama.

Até às 12h de hoje foram registrados pelo menos 60,8 milímetros na Capital, deixando em alerta os aeroportos de Campo Grande, Dourados e Ponta Porã, que operam por instrumentos, conforme informações atualizadas da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

PONTOS CRÍTICOS
Muitos veículos ficaram ilhados na Via Park, próximo ao lago do Parque das Nações Indígenas que transbordou. Em razão disso, os motoristas não conseguiam chegar até a Avenida Afonso Pena e os que iam em direção ao Parque dos Poderes também estavam impossibilitados de continuar.

Outro pronto crítico é o corrego que transbordou nas proximidades da avenida Mascarenhas de Moraes.

No centro da cidade,vários bueiros transbordaram com a enxurrada. Além disso, na região do bairro TV Morena também houve alagamentos e a queda de um fio de energia elétrica deixou parte do bairro sem eletricidade. 

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Bope e Gaeco prendem três e fecham laboratório de refino de cocaína
JARDIM RADIALISTA

Operação fecha laboratório de refino de cocaína na Capital

Grupo de 167 venezuelanos chega a Mato Grosso do Sul nesta semana
INTERIORIZAÇÃO

Grupo de 167 venezuelanos chega a MS nesta semana

Disputa por vaga de estacionamento termina em briga no centro da Capital
TRÂNSITO

Vaga de estacionamento causa briga no centro da Capital

Corregedoria investiga o sumiço de 177 quilos de maconha em delegacia de MS
POLÍCIA CIVIL

Corregedoria investiga o sumiço de maconha em DP

Mais Lidas