Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ATENÇÃO PAIS

Metade dos brinquedos não
são certificados pelo Inmetro

Fiscalização analisou 848 brinquedos em 20 lojas da cidade entre 7 e 11 de dezembro

16 DEZ 15 - 15h:27GABRIEL MAYMONE

Quase metade dos brinquedos fiscalizados pela Agência Estadual de Metrologia (AEM/MS), em Campo Grande, não tem o selo do Inmetro, ou seja, não passaram pelo teste de avaliação. Dos 848 produtos fiscalizados em 20 estabelecimentos, no período entre 7 e 11 de dezembro, apenas 433 (51%) foram aprovados, os outros 49% estavam irregulares.

A fiscalização também constatou irregularidades com as luminárias (pisca-pisca). Dos 194 produtos testados, 19%, ou seja, 37 apresentaram irregularidades. Os fiscais encontraram plugues fora do padrão estabelecido pela norma ABNT NBR 14136 e sem apresentar a marca da conformidade.

A Agência de Metrologia alerta que é de extrema importância ter um produto elétrico certificado, já que os plugues não podem apresentar em sua composição materiais ferrosos, que são os principais causadores de sobreaquecimento nas instalações residenciais e que podem resultar em incêndios.

Os estabelecimentos notificados possuem dez dias para apresentar o documento fiscal que comprove a origem do produto.  

Produtos Fiscalizados  Reprovados
Brinquedos 848 415
Luminárias (mangueira) 30 8
Luminária (Pisca-Pisca) 194 37
Bicicleta Infantil 7 0
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Ex-policial é executado no estacionamento do Shopping China
PEDRO JUAN CABALLERO

Ex-policial é executado
ao sair do Shopping China

Bope e Gaeco prendem três e fecham laboratório de refino de cocaína
JARDIM RADIALISTA

Operação fecha laboratório de refino de cocaína na Capital

Grupo de 167 venezuelanos chega a Mato Grosso do Sul nesta semana
INTERIORIZAÇÃO

Grupo de 167 venezuelanos chega a MS nesta semana

Disputa por vaga de estacionamento termina em briga no centro da Capital
TRÂNSITO

Vaga de estacionamento causa briga no centro da Capital

Mais Lidas