Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

"Tô fora"

Mario Cesar não assumirá prefeitura se Olarte for afastado

Câmara terá de eleger novo presidente para administrar temporariamente a Capital

15 AGO 15 - 00h:00DA REDAÇÃO

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Mario Cesar (PMDB), não vai assumir a prefeitura em caso de afastamento de Gilmar Olarte (PP) para responder fora do cargo processo pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele prefere renunciar a presidência a administrar, temporariamente, a Capital. “Não vou assumir, não quero mais problemas”, justificou.

Ele não especificou quais os problemas. Apenas disse: “são por questões particulares, questões de foro íntimo”. Neste caso, a Câmara teria de eleger novo presidente para assumir a prefeitura. A substituição na Mesa Diretora do Legislativo não segue a mesma linha sucessória no Poder Executivo. O vice-presidente apenas ocupa o comando da Câmara num período temporário. E não definitivo.

Por isto, a regra impõe nova eleição do presidente e não de todos os integrantes da Mesa Diretora. "Tô fora", reiterou o presidente da Casa. 

(*) A reportagem, de Adilson Trindade, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Dois hospitais de MS realizarão diagnóstico gratuito de câncer de pele
DEZEMBRO LARANJA

Dois hospitais de MS realizarão diagnóstico gratuito de câncer de pele

PDT suspende vereadores que não assinaram CPI do Ônibus
90 DIAS

PDT suspende vereadores que não assinaram CPI do Ônibus

Ladrão rouba mercado e é morto em confronto com policial de folga
CHOQUE

Ladrão rouba mercado e é morto em confronto com policial de folga

Juiz não aceita Jamil Name em Presídio Federal
MOSSORÓ

Juiz não aceita Jamil Name em Presídio Federal

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião