Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

"Tô fora"

Mario Cesar não assumirá prefeitura se Olarte for afastado

Câmara terá de eleger novo presidente para administrar temporariamente a Capital

15 AGO 15 - 00h:00DA REDAÇÃO

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Mario Cesar (PMDB), não vai assumir a prefeitura em caso de afastamento de Gilmar Olarte (PP) para responder fora do cargo processo pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele prefere renunciar a presidência a administrar, temporariamente, a Capital. “Não vou assumir, não quero mais problemas”, justificou.

Ele não especificou quais os problemas. Apenas disse: “são por questões particulares, questões de foro íntimo”. Neste caso, a Câmara teria de eleger novo presidente para assumir a prefeitura. A substituição na Mesa Diretora do Legislativo não segue a mesma linha sucessória no Poder Executivo. O vice-presidente apenas ocupa o comando da Câmara num período temporário. E não definitivo.

Por isto, a regra impõe nova eleição do presidente e não de todos os integrantes da Mesa Diretora. "Tô fora", reiterou o presidente da Casa. 

(*) A reportagem, de Adilson Trindade, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Munhoz e Mariano serão atração do Arraial de Santo Antônio
13 A 15 DE JUNHO

Munhoz e Mariano são atração do Arraial de Santo Antônio

Parlamentares desembarcam em Ponta Porã para conhecer Sisfron
COMITIVA

Parlamentares desembarcam em Ponta Porã para conhecer Sisfron

Parque dos Poderes será interditado domingo para etapa de concurso
PM E BOMBEIROS

Parque dos Poderes será interditado no domingo

A uma semana do fim da campanha, 75 mil não se vacinaram contra a gripe
CAMPO GRANDE

A uma semana do fim, 75 mil não se vacinaram contra a gripe

Mais Lidas