Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Capital

Homem se apresenta à polícia e confessa ter matado esposa a tiro durante confusão em festa

Suspeito disse que arma estava na cintura, caiu e disparou acidentalmente

1 SET 15 - 18h:30Glaucea Vaccari

O suspeito de efetuar o disparo que matou Pâmella Christina Castilho Barboza, 26 anos, durante uma festa no Bairro Los Angeles, é o esposo da vítima, Claudionor de Andrade Gama, 40anos. Ele se apresentou na 5ª Delegacia de Polícia Civil da Capital nesta terça-feira (1°).

O delegado responsável pelas investigações, João Reis Belo, disse ao Portal Correio do Estado que a polícia já tinha a identificação do suspeito, mas ele se apresentou antes de ser abordado pelos investigadores e entregou um revólver calibre 38 usado no crime.

A jovem foi atingida com um tiro na barriga, no dia 30 de agosto, ao se envolver em confusão durante festa que acontecia na casa onde morava, na Rua Manoel Pereira de Souza. Testemunhas disseram que o desentendimento começou dentro do imóvel, envolvendo convidados, e se estendeu para o lado da rua, onde Pâmella estava e foi atingida por um tiro.

Em depoimento, Gama confessou o crime e disse que o disparo foi acidental. Segundo o delegado, o suspeito guardava a arma em cima de um armário na casa e devido a confusão, pegou o revólver e colocou na cintura. Ao tentar colocar um casal para fora, o revólver caiu no chão e disparou acidentalmente.

Ainda segundo o delegado, essa versão será confrontada com provas periciais e depoimento de testemunhas. “Não há dúvidas de que ele não queria a morte da esposa. O que se discute é se ele atirou em uma terceira pessoa e acabou atingindo a mulher ou se de fato foi acidental, isso vai definir se ele será indiciado por homicídio culposo ou doloso”, disse Belo.

A arma apreendida será periciada e testemunhas consideradas "peças chaves" ainda serão ouvidas. Claudionor, que já possui passagens pela polícia, prestou depoimento e foi liberado. Uma nova perícia foi feita no local do crime nesta terça-feira.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Acordo que limita voos para a Argentina pode ser revisto
TURISMO

Acordo que limita voos para a Argentina pode ser revisto

Homem é preso em flagrante com 50 munições calibre 22
ANASTÁCIO

Homem é preso em flagrante com 50 munições calibre 22

Diesel fecha semana com alta de 1,4% em Mato Grosso do Sul, diz ANP
COMBUSTÍVEIS

Diesel fecha semana com alta de 1,4% em Mato Grosso do Sul, diz ANP

Ex-militar pode ter sido agredido <br> em outro local, diz polícia
HOMICÍDIO DOLOSO

Ex-militar pode ter sido espancado em outro local

Mais Lidas