Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

TOMBOU

Maquinário de 20 toneladas perde
freio em obra da Mato Grosso

Condutor tombou veículo para evitar atingir carros

6 JUL 2017Por RODOLFO CÉSAR E MARIANE CHIANEZI17h:20

Um rolo de 20 toneladas perdeu o freio na tarde de hoje e o condutor precisou tombá-lo para evitar acidente mais grave em Campo Grande. O veículo era utilizado na obra da Avenida Mato Grosso com a Via Parque.

O caso aconteceu por volta das 16h, quando o equipamento seguia sentido Parque dos Poderes-Centro, na Avenida Mato Grosso. Ele serve para compactar o asfalto e o condutor percebeu que o sistema de frenagem estava com defeito e o veículo descia em velocidade acima do normal.

Para evitar que invadisse a via onde há trânsito de carros, o condutor jogou o maquinário no acostamento, que tombou e ainda derrubou uma árvore.

O Corpo de Bombeiros foi chamado por precaução, mas a vítima do acidente não sofreu ferimentos e não foi preciso intervenção. Apesar de haver muito trânsito na hora do tombamento, fiscal da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetran) fazia orientação e não foi preciso interditar nenhum trecho.

O acidente foi a cerca de 100 metros da rotatária que está sendo alargada no cruzamento entre as Avenidas Mato Grosso e Via Parque.

Engenheiro que trabalha para a empreiteira que faz a obra, Via MS, explicou que não deve haver atraso na entrega do empreendimento. "Acidente poderia ter sido muito pior. Nesse tipo de veículo é comum problema no freio porque é muito pesado e o sistema não suporta", comentou o profissional, que preferiu não se identificar.

O maquinário pertence a Auxiliar Locações e possui cabine que pode assegurar mais segurança ao condutor.

A obra no local foi iniciada em 20 de março e estava prevista para ser finalizada no começo de junho, após um prazo de 70 dias. A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviço Público (Sisep) justificou que houve atraso em virtude das instabilidades climáticas.

Entregue, a intervenção vai reduzir de 14 para cinco minutos o tempo do percurso em 400 metros da Avenida Mato Grosso para os condutores de veículos.

Conforme a Agência Municipal de Transporte e Trânsito, o fluxo diário da via é de 18.320 veículos indo para o centro da cidade e 17.990 veículos para o Parque dos Poderes. O investimento previsto para o empreendimento é de R$ 1,6 milhão, com recursos da Prefeitura de Campo Grande e do governo do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também