Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 16 de dezembro de 2018

CARAVANA NAS ESCOLAS

Mais de 25% dos alunos atendidos por caravana têm problemas de visão ou audição

Segundo dados do governo, mais de 3 mil foram diagnosticados com alguma doença

17 MAI 2018Por GABRIELA COUTO09h:15

Em apenas 18 dias de Caravana nas Escolas, o governo do Estado já identificou que 3.037 alunos da rede pública de ensino possuem algum problema de visão ou audição. O número representa 25,8% no universo de 11.773 das 62 escolas atendidas.

Ontem, durante mais uma ação na Escola Municipal Professora Brígida Ferraz Fóss, localizada na Vila Jacy, em Campo Grande, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) aproveitou para acompanhar os trabalhos com as crianças.

“A Caravana na escola vai cumprir um papel extraordinário. Em Campo Grande são 42 mil crianças que vão passar por esses exames especializados. O baixo rendimento escolar pode ser não por problema da educação, mas por problema de saúde”, disse Azambuja.

A estimativa, de acordo com ele, é que cerca de 12 a 15 mil alunos campo-grandenses recebam óculos ou aparelhos de ouvido. “Isso mostra a profundidade do programa e principalmente a importância para a gente elevar o rendimento dos alunos da rede pública no Mato Grosso do Sul”.

Ao todo 166 mil estudantes da rede municipal e estadual de ensino das 79 cidades serão contemplados. “Esperamos que no futuro a gente possa continuar fazendo essa triagem para diminuir principalmente baixo rendimento escolar e a repetência”. Ao todo serão investidos R$ 5.895.382,71, cerca de R$ 132 por atendimento.

Nesta primeira fase são realizados os exames básicos de audição e visão. A previsão é que a segunda fase comece em junho com os exames específicos e também os procedimentos.

Dados da Academia Americana de Oftalmologia (AAO) apontam que os problemas de visão, como a miopia, a hipermetropia, o estrabismo e outros fatores, afetam mais de 20% das crianças em idade escolar. Isso significa dizer que um em cada cinco alunos sofre algum problema visual.

A Caravana vai garantir óculos e aparelhos auditivos aos alunos que apresentarem algum tipo de necessidade. As entregas serão feitas no dia D, um dia de mobilização, quando também serão oferecidos diversos serviços à sociedade de forma geral.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também