Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

REVOLTA

Liberação de condutor que atropelou mulher causa indignação na internet

Eles temem que outros casos semelhantes ocorram em Campo Grande

12 AGO 2015Por MARESSA MENDONÇA17h:10

Leitores do Portal Correio do Estado ficaram indignados quando foram informados da liberação, mediante pagamento de fiança,  de Paulo Henrique Mendes da Silva de 23 anos, na segunda-feira (10). Dois dias antes, ele atropelou uma mulher na avenida Duque de Caxias. Ela foi encaminhada à Santa Casa e precisou amputar a perna.

Para Edson André Porto, há desigualdade na forma de tratar os crimes praticados no Brasil."O cara rouba um pacote de biscoito pra levar para os filhos e vai pra cadeia e um embriagado que atropela, faz a vítima perder a perna paga fiança e sai numa boa da cadeia! Este país me faz cada dia ser um pouco menos patriota. País de valores invertidos", opinou.

Quem também mencionou injustiça na legislação foi Cláudio Cardoso Clc. "Esse é o país que vivemos, a lei funciona só pra trabalhador que as vezes por falta de oportunidade rouba um pacote de arroz, ou um leite pra dar pro seus filhos é preso e as vezes leva uma surra pelo fato, eu não estou aqui para incentivar a ninguém a fazer coisas erradas, mas a pena para quem rouba um pacote de arroz é maior do que quem rouba o Brasil...Brasil um país onde a justiça é cega", declarou.

Seguindo a mesma linha de raciocínio, Paulo Santiago afirma que, “pobre rouba um pacote de biscoito não tem fiança, rico bêbado é rico bom, atropela mata ou deixa a vítima com sequelas permanente paga fiança e vira inocente. FIANÇA é sinônimo de SUBORNO e suborno é crime”.

Outros leitores,  como Marcos Paulo Rodrigues, propõe que a fiança seja revertida no tratamento de saúde e compra da prótese para a vítima.“Tem que fazer ele paga uma pensão pra ela. Ele tem que arcar com as despesas”.

A mesma opinião é compartilhada por Rodrigo Souza Do Espirito Santo. Ele acredita que “deveria reverter esse dinheiro para vítima, pelo menos, pra colocar uma prótese!!!! Eita Brasil veio sem jeito mesmo! é revoltante!”

As opiniões foram compartilhadas na página do Portal Correio do Estado no Facebook.  

Leia Também