terça, 17 de julho de 2018

CAMPO GRANDE

Justiça ouvirá testemunhas sobre morte de hóspede de hotel

Lutador Rafael Martinelli Queiroz é acusado do homicídio, no dia 18 de abril de 2015

14 AGO 2015Por GABRIEL MAYMONE16h:40

Está marcada para a próxima segunda-feira (17), às 13h40min, na 1ª Vara do Tribunal do Júri da Capital, a audiência para ouvir as testemunhas de acusação e defesa do processo contra o lutador Rafael Martinelli Queiroz, acusado do assassinato do engenheiro eletricista Paulo César de Oliveira, ocorrido em um hotel de Campo Grande, na noite do dia 18 de abril de 2015.

O lutador é acusado do crime de lesão corporal dolosa em relação à namorada (C.M de M.), em situação de violência doméstica, além do crime de homicídio qualificado por motivo torpe, meio cruel e por recurso que dificultou a defesa de Paulo César, além do crime de resistência à prisão. A denúncia foi recebida no dia 14 de maio.

Nesta audiência serão ouvidas as testemunhas que residem em Campo Grande.

Leia Também