Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Capital

Julgamento sobre greve dos professores é adiado para outubro

Desembargador pediu vistas; votação estava favorável à Prefeitura de Campo Grande

9 SET 15 - 17h:50Glaucea Vaccari

A conclusão do julgamento da ação contra a greve dos professores da Rede Municipal de Ensino (Reme) de Campo Grande foi adiado para o dia 7 de outubro, em razão do pedido de vistas do desembargador Luiz Tadeu Barbosa Silva, durante a sessão desta quarta-feira (9).

De acordo com os autos do processo, o relator do processo, desembargador Romero Osme Dias Lopes e os desembargadores Carlos Eduardo Contar e Vladimir Abreu da silva julgaram procedente a ação, considerando a greve ilegal. O desembargador Sideni Soncini Pimentel julgou parcialmente procedente e os desembargadores Sérgio Fernando Martins e Dorival Renato Pavan votaram a favor dos professores. Os demais aguardam.

Os professores entraram em greve no dia 25 de maio e voltaram as salas de aula no dia 27 de agosto. Sem acordo com a prefeitura, a decisão sobre o reajuste pedido pela categoria, de 13,01%, será decidido pela Justiça. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Após denúncia de abandono, prefeito anuncia limpeza do Horto Florestal
NESTA TERÇA

Após denúncia de abandono, prefeito anuncia limpeza do Horto Florestal

Bombeiros recebem R$ 13 milhões para combater incêndios florestais
ESTRUTURA

Bombeiros recebem R$ 13 milhões para combater incêndios florestais

Arrecadação com o gás natural pode cair mais em abril
CONTRATO

Arrecadação com o gás
pode cair mais em abril

Patrimônio histórico é usado como estacionamento
ABANDONO

Patrimônio histórico é usado como estacionamento

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião