Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

CAMPO GRANDE

Jornalista denuncia ter sido agredido por secretário de administração da Câmara

Confusão aconteceu na manhã desta quarta-feira (14)

14 SET 16 - 17h:20MARESSA MENDONÇA

O jornalista Antônio Fabiano Portilho Coene denunciou ter sido agredido, hoje, pelo secretário geral de Administração e Finanças da Câmara Municipal de Campo Grande,  Luiz Sérgio Vieira Dias. O motivo, segundo ele, foi matéria publicada recentemente no site de qual é proprietário, “portal I9”.

À reportagem do Portal Correio do Estado, Portilho contou que foi até a Casa de Leis para entrevistar o vereador João Rocha (PSDB) e, enquanto aguardava, teria sido provocado por Sérgio que disse: ‘lixo tem que ir para o lixo’. Respondi: "concordo, a começar por você’”.

Depois da resposta, Portilho teria sido empurrado contra a parede e agredido com soco. “Eu me defendi e ele acertou meu braço”, completa o jornalista. Ainda conforme o relato, outros funcionários da  Câmara ajudaram a conter o secretário.

OUTRA VERSÃO

Sérgio conta outra história sobre o caso. Ele afirma que estava deixando uma das salas da Câmara, quando viu materiais usados na reforma da Casa espalhados pelo chão e comentou: “tem que tirar esse lixo da porta”.

O secretário disse que continuou andando, quando ouviu um homem concordando com a afirmação dele em tom de “deboche”.  “Ele disse que era um paladino da justiça e que estava retirando os lixos da Câmara”, conta.

Neste momento, Sérgio teria retornado para questionar se o jornalista estava falando com ele e afirma que começou um “empurra-empurra”. “Não teve soco, nem pontapé, nem nada disso. Ele estava transtornado e foi conduzido para fora”, diz o secretário, afirmando ter ficado surpreso com a repercussão do caso.

CASO DE POLÍCIA

Portilho foi até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro, mas não conseguiu registrar boletim de ocorrência porque o sistema policial está fora do ar. Ele ainda acionou advogados e disse que entrará com ação contra Luiz Sérgio.

“Vou entrar com processo, sim. Não vou deixar barato. Além de lesar os cofres públicos ele quer destratar jornalista?”,questiona.

Já o secretário da Câmara está aguardando posicionamento da presidência em relação a possível abertura de processo. “Como fico até dezembro, porque este cargo é cíclico, estou aguardando definição. Se liberarem, sim [processar]. Não só ele, como todo mundo que transcreveu na matéria”.

A MATÉRIA

A reportagem a que eles se referem foi publicada no portal “I9” em agosto deste ano. Conforme o texto, Vieira é “homem de confiança” de dois investigados na Operação Lama Asfáltica da Polícia Federal, o ex-Secretário-Adjunto do Governo Puccinelli, André Luiz Cance e o ex-Presidente da Câmara Municipal Mário Cesar (PMDB).

Segundo o texto, Sérgio teria ainda  financiado a campanha a Vereador de Mário César em 2008 e 2012.

O secretário da Câmara nega todas as acusações.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Aliados de 'Minotauro' estão entre presos do PCC fugitivos de prisão no Paraguai
FUGA EM MASSA

Aliados de 'Minotauro' estão entre presos do PCC fugitivos de prisão no Paraguai

Projeto auxilia na criação de hortas familiares em Campo Grande
HORTA URBANA

Projeto auxilia na criação de hortas familiares em Campo Grande

Rodoviárias têm fiscalização reforçada após fuga de detentos do Paraguai
FUGA EM MASSA

Rodoviárias têm fiscalização reforçada após fuga de detentos do Paraguai

Aos 73, filha solteira de ex-deputado ganha pensão há 46 anos: 'Nunca dependi'
ABSURDO

Aos 73, filha solteira de ex-deputado ganha pensão há 46 anos: 'Nunca dependi'

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião