Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Transporte coletivo

Irregularidades em ônibus ficam
sem punição em Campo Grande

Fiscais notificam consórcio, o que gera multas milionárias, que não são pagas

29 MAI 17 - 06h:00NATALIA YAHN

Atrasos, diminuição da frota em determinadas linhas, problemas nos veículos, com falhas mecânicas ou riscos aos usuários, como bancos quebrados, por exemplo e também a falta de ônibus articulados no finais de semana são algumas das infrações que o Consórcio Guacurus comete todos os dias em Campo Grande.

Tais problemas resultam em notificações dos fiscais da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) contra a empresa, que gerencia o transporte público da Capital desde outubro de 2012. No entanto, apesar de manter as irregularidades e ser notificado frequentemente, dificilmente o consórcio paga alguma multa, que dependendo do caso, chaga a R$ 1 milhão.

“A parte dos fiscais é feita, daí pra frente só Deus sabe o que acontece. Pelos cálculos que fazemos, o município deixa de arrecadar de R$ 50 milhões a R$ 100 milhões por ano por não recolher as multas. Em geral os problemas são por atraso e quebra de veículos”, diz um dos servidores da Agetran que denunciou o caso à reportagem. Nenhum dos ouvidos terá cargo ou nome revelado.

Reportagem completa está na edição de hoje do Correio do Estado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Com problemas de saúde, Zeca do PT deixa presidência do partido
POLÍTICA

Com problemas de saúde, Zeca deixa presidência do PT

Em um ano, número de queimadas quase dobram em Campo Grande
MEIO AMBIENTE

Em um ano, número de queimadas quase dobram, aponta comitê

Governo lança em dezembro edital de parceria público-privada com valor de R$ 3,8 bilhões
PRIVATIZAÇÃO

Edital de parceria público-privada será lançado em dezembro com valor de R$ 3,8 bilhões

Saúde alerta para baixa vacinação contra sarampo
ATENÇÃO!

Saúde alerta para baixa vacinação contra sarampo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião