segunda, 16 de julho de 2018

INVESTIGAÇÃO

Polícia ainda não tem suspeitos de amarrar e matar idoso

O crime de latrocínio (roubo seguido de morte) ocorreu ontem (5), no Caiçara

6 AGO 2015Por LAURA HOLSBACK09h:55

A investigação sobre o roubo seguido de morte do aposentado Dário Marcelino Morel, 81 anos, ocorrido ontem (5), foi encaminhada à Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). O corpo do idoso foi encontrado pelo filho, na casa onde morava, situada na Rua Oniceto da Costa Rondon, Bairro Caiçara, em Campo Grande. Ele tinha marcadas de facadas e estava com as mãos amarradas e pano na boca. 

O caso foi registrado inicialmente na 6ª Delegacia de Polícia, que atende a região, mas foi encaminhado à Derf para abertura do inquérito policial. De acordo com o delegado titular, Luís Alberto Ojeda, não há, por enquanto, suspeitos identificados.

No entanto, a polícia recebeu informação de testemunhas sobre uma mulher vista saindo da casa da vítima, ontem, à tarde. Ainda de acordo com relatos, o aposentado havia sacado o salário de pouco mais de R$ 1 mil, na sexta-feira (31) e poder ser que o dinheiro tenha relação com crime.

 

Leia Também