Campo Grande - MS, quarta, 22 de agosto de 2018

contra deficit

Índice de contribuição à previdência
pode aumentar para 14%

Alta foi aprovada por conselho, mas depende de envio de projeto à Câmara

19 OUT 2017Por DA REDAÇÃO05h:30

O Conselho de Administração da Previdência Municipal (Caprev) aprovou nesta semana, por sete votos contra dois, o aumento do porcentual de contribuição à previdência.

Dessa forma, a Prefeitura de Campo Grande estará autorizada a apresentar à Câmara Municipal proposta de aumento de 11% para 14% de desconto no salário de casa servidor municipal.

A contribuição patronal também pode aumentar, passando dos atuais 14% para 22%. Atualmente, o deficit da previdência municipal é de R$ 8 milhões.

Representantes do Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação (ACP) e do Sindicato dos Funcionários e Servidores Municipais de Campo Grande (Sisem) votaram contra o reajuste e planejam reagir ao encaminhamento do projeto para aprovação dos vereadores. O reajuste impactará na folha de pagamento dos 23.646 servidores ativos.  

De acordo com o presidente da ACP, Lucílio Nobre, o prefeito Macos Trad se comprometeu a não encaminhar o projeto sem antes debater com as categorias uma forma de o servidor não arcar com o deficit. “Pagamos mensalmente a previdência e queremos resgatar isso no fim”. 

*Leia reportagem, de Tainá Jara, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também