Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DESCONTOS DE ATÉ 100%

Inadimplentes poderão
renegociar dívidas com Agehab

Proposta do Executivo será votada hoje, na Assembleia

17 SET 19 - 09h:32IZABELA JORNADA

Renegociação de dívida do Programa de Recuperação de Créditos do Morar Legal poderá ser aprovada durante sessão desta terça-feira (17). Governo do Estado de Mato Grosso do Sul encaminhou proposta para que deputados apreciem o projeto na sessão de hoje. Aqueles que estão inadimplentes, se a proposta for aprovada, poderão quitar a dívida toda com descontos de 100% sobre o valor dos juros de mora e da multa contratual das prestações vencidas.

A quitação parcial será autorizada desde que haja o pagamento de, no mínimo, quatro prestações vencidas, com descontos de 60% sobre o valor dos juros de mora e da multa contratual das prestações que forem quitadas.

Pagamento parcelado, por meio de repactuação por novação de dívida, terá descontos de 35% sobre o valor dos juros de mora e da multa contratual, estabelecendo-se que o valor das prestações vencidas, acrescido das prestações vincendas, resultará no novo saldo devedor.

No caso de repactuação por novação, o número de prestações mensais e consecutivas, a ser utilizado para o parcelamento da dívida, ficará a critério do beneficiário, segundo sua capacidade de pagamento, limitado a 240 meses; o valor mínimo da prestação que for submetida à repactuação por contrato de novação de dívida será de, no mínimo, 5% do valor do salário mínimo vigente na data da repactuação por novação; o vencimento da primeira prestação ocorrerá no 30º dia do mês subsequente à novação da dívida; o não pagamento da primeira prestação até o 10º (décimo) dia após o seu vencimento acarretará a perda dos benefícios previstos nesta Lei, e o retorno do saldo devedor repactuado, sem desconto.

O pagamento das despesas judiciais, tais como custas processuais, emolumentos, pagamento de perito e os honorários advocatícios existentes no processo serão acrescentados sobre o valor da dívida.

O governo divulgou, anteriormente, que 10.953 beneficiados estão inadimplentes com a Agehab, e a dívida pode chegar a R$ 84,5 milhões.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Consórcio entrega mais 20 novos ônibus nesta segunda
TRANSPORTE PÚBLICO

Consórcio entrega mais 20 novos ônibus nesta segunda

Inscrições para mestrado e doutorado da UFGD terminam em novembro
ENSINO SUPERIOR

Inscrições para mestrado e doutorado vão até novembro

Corregedor nacional inspeciona TJ e atende público nesta segunda
É AMANHÃ!

Corregedor nacional de Justiça inspeciona TJ e atende público

Durante chuva, força da água leva parte de rua na Capital
VEJA VÍDEO

Durante chuva, força da água leva parte de rua na Capital

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião