Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

TIRADENTES

Idoso que ficou nu como protesto
em UPA responderá por ato obsceno

Ele aguardava para realizar troca de sonda, divulgou Sesau

19 SET 2017Por MARIANE CHIANEZI16h:52

Gerente administrativa da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Bairro Tiradentes procurou a delegacia para prestar queixa do idoso, de 73 anos, que resolveu protestar contra o atendimento tirando a roupa e ficando nu perto de outros pacientes.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado hoje, a servidora informou que o homem já havia sido atendido na unidade outras vezes e aguardava para atendimento de troca de sonda.

Em determinado momento, ele começou a tirar a roupa, ficando totalmente nu e gritando com os funcionários do local. Ele foi orientado por um médico a colocar a roupa, pois só assim seria atendido.

Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) informou que o paciente sofre de transtornos psiquiátricos e chegou na unidade exaltado e sem a companhia de um familiar.

Paciente passou por triagem e foi classificado como 'amarelo', caso considerado como prioridade, mas sem emergência. A espera é estipulada em até 30 minutos, conforme protocolos de atendimento do Sistema Único de Saúde).

Logo depois de ter passado pela triagem, o paciente começou a tirar a roupa. Ele teria falado: “Dessa vez estou tirando a roupa, da próxima vez eu vou dar tiro”, conforme relatou a gerente na Polícia Civil.

Caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) no Centro e idoso responderá por ato obsceno.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também