Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DANOS MORAIS

Homem que agrediu esposa grávida deve pagar R$ 10 mil de indenização

Homem estava no bar e se irritou ao receber ligação da mulher

6 JUN 17 - 15h:00GLAUCEA VACCARI

Homem que agrediu a ex-esposa gestante foi condenado a pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais à mulher. Decisão é do juiz Marcelo Andrade Campo Silva, da 2ª Vara Cível de Campo Grande.

Agressões aconteceram no dia 19 de novembro de 2011, quando a mulher, grávida do segundo filho do casal, começo a sentir mal e ligou para o esposo, que estava em um bar com amigos.

Irritado com a ligação, ele foi até a casa, onde ambos discutiram e ele passou a agredi-la com socos e pontapés, além de ameaçar matar a mulher caso ela chamasse a polícia.

Mesmo sob ameaça, mulher procurou a Delegacia de Polícia Civil, onde procedimento criminal culminou com a condenação do agressor, proferida pela 2ª Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

No fim de 2015, mulher procurou novamente o judiciário, desta vez pedindo indenização moral pela agressão e ameaças sofridas.

Chamado para se defender, acusado permaneceu em silêncio, sendo decretada sua revelia.

Juiz considerou a opção pelo silêncio e a condenação já proferida em âmbito penal como suficientes para caracterizar a culpa e, consequentemente, o dever do homem de indenizar a ex-mulher e fixou o valor em R$ 10 mil.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Empresa terá 30 dias para implantar cobertura de vidro no Aquário
OBRA

Aquário terá cobertura de vidro em até 30 dias

BRASIL

Pagamento de bolsas do CNPq está garantido este ano, diz governo

BRASIL

Comissão da Câmara aprova R$ 600 milhões para a Capes em 2020

PM vai capacitar agentes penitenciários para assumir responsabilidades com presos
SEGURANÇA PÚBLICA

PM vai capacitar agentes penitenciários para assumir responsabilidades com presos

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião