Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 16 de dezembro de 2018

em investigação

Homem procura Casa da Mulher
e morre atropelado ao sair do local

Vítima foi na unidade e disse que tinha cometido um crime

10 AGO 2017Por RODOLFO CÉSAR E TAINÁ JARA18h:55

Em frente a Casa da Mulher Brasileira, em Campo Grande, Ivan Nemezio da Silva, de 42 anos, morreu após ser atingido por um ônibus do transporte público. Antes de morrer, o homem tinha entrado no prédio público, onde funciona uma delegacia de Polícia Civil, e comentado que tinha cometido um crime.

A Polícia Militar, que foi acionada para atender o atropelamento, informou que testemunhas relataram que Ivan aparentava estar alterado e depois de ficar um tempo dentro da Casa da Mulher, saiu e ficou no ponto de ônibus que fica na Rua Terezina.

Ao voltar a atravessar a rua, ele foi atingido pelo ônibus e faleceu no local. Viatura do Samu atendeu a vítima, mas não conseguiu salvá-la.

Ivan já foi condenado por conduzir veículo embriagado, em 2010, e por furto, em 1997. Em ambos já tinha cumprido pena. Conforme o Tribunal de Justiça, ele tinha endereço residencial em Miranda. Em abril de 2016 a Justiça Estadual determinou que ele havia cumprido a pena e estava livre.

A reportagem procurou a Delegacia da Mulher na Casa da Mulher Brasileira, mas a delegada plantonista Anne Karine Sanches Treviza Pinto estava em atendimento e não deu detalhes. Não foi possível confirmar se a vítima chegou a ser atendida no local ou recebeu orientação para procurar outra delegacia.

O motorista do ônibus ficou em estado de choque e não tinha condições de dar entrevista.

A morte de Ivan Nemezio da Silva deve ser registrada na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro. Polícia Civil vai instaurar inquérito para apurar causas e verificar se houve acidente ou suicídio.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também