Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

tinha bebido

Homem briga com filha e sobrinha por celular e esfaqueia vizinho

'Se o vizinho não fosse ajudar, minha prima tinha morrido'

30 SET 2017Por RODOLFO CÉSAR E MARIANE CHIANEZI17h:40

A briga de pai com filha de 14 anos e sobrinha de 16 anos resultou em violência e um vizinho, que tentou controlar agressões, foi esfaqueado nas costas. O crime aconteceu por volta das 16h deste sábado, na Rua Dona Deolinda Pereira de Souza, no bairro Pioneiros, em Campo Grande.

Uma das vítimas das agressões, a jovem de 14 anos, contou à reportagem do Portal Correio do Estado que o pai dela, de 30 anos, tinha bebido e estava dormindo. Ela e a prima assistia a TV. Depois que o suspeito acordou, discutiu com a duas e pegou o celular da filha.

As adolescentes pediram que fosse devolvido o aparelho, houve discussão e o homem passou a agredir as duas. A sobrinha dele, de 16 anos, foi a que mais sofreu lesões. Ela estava com marcas no pescoço e no braço.

Um vizinho, que não teve o nome e idade divulgados, ouviu os gritos e tentou intermediar a situação. Ele separou a briga, mas foi atingido por uma facada nas costas.

"Se o vizinho não fosse ajudar a gente, minha prima tinha morrido", contou a adolescente de 14 anos. 

Depois dessa agressão, os Bombeiros foram chamados e demoraram para atender a vítima porque o homem permanecia na casa fazendo ameaças. Testemunhas relataram que até mesmo os militares receberam investidas do suspeito.

A Polícia Militar do 10º Batalhão também foi acionada e conseguiu conter o pai da adolescente e apreendeu a faca usada para atingir o vizinho. O homem foi levado para Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Piratininga.

Os Bombeiros fizeram os primeiros socorros e encaminharam a vítima do esfaqueamento para a Santa Casa de Campo Grande.

As adolescentes não foram levadas para a Depac Piratininga e permaneceram na residência. 

Leia Também