Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

no aero rancho

Homem acha que arma é de
brinquedo e briga com ladrão

Roubo teve a participação de dois suspeitos; vítima ficou ferida

22 JUL 2017Por BÁRBARA CAVALCANTI12h:31

Tentativa de assalto em comércio do bairro Jardim Aero Rancho, na noite de sexta-feira (21), terminou com homem de 33 anos baleado na perna.

Informações do boletim de ocorrência relatam que assaltante invadiu a conveniência e tentou efetuar um disparo contra o filho da dona do estabelecimento, mas a arma falhou.

Por imaginar que a arma fosse de brinquedo, a vítima partiu para cima do bandido na tentativa de imobilizá-lo, o que resultou com os dois entrando em luta corporal e em então mais disparos efetivados. Desta vez, dos tiros foram feitos e um atingiu a perna do homem de 33 anos.

O caso aconteceu por volta das 20h40 de ontem, em estabelecimento na Avenida Graciliano Ramos. A dona do local relatou à polícia que o ladrão chegou puxando a grade de proteção e foi direto para o caixa.

O filho da vítima estava próximo ao caixa e então, sem aparente explicação, o assaltante virou para o homem e efetuou um disparo, mas que falhou.

O filho da vítima teria imaginado que a arma era de brinquedo, e por isso pulou em cima do autor na tentativa de imobilizá-lo.

Os dois rolaram até a parte de fora do estabelecimento e durante a briga, mais disparos foram feitos. Destes, um atingiu a perna do homem de 33 anos, momento no qual o assaltante se soltou e fugiu a pé. O ladrão conseguiu levar o dinheiro que estava no caixa, mas valor total não foi revelado.

O local têm câmeras de vigilância, nas quais ficaram gravadas o momento em que o assaltante chegou ao local na garupa de uma moto de modelo Honda Biz. As imagens também revelaram que, no momento da luta corporal, o comparsa que pilotava a moto fugiu do local e deixou seu parceiro para trás.

O homem de 33 anos foi socorrido pelas demais pessoas no local e levado para a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Aero Rancho. Em seguida, foi transferido para o Hospital Santa Casa. Ele não corre risco de morte e deve passar por cirurgia. O caso ficou registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Bairro Piratiniga.  

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também