Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Diz Olarte

Greves continuam e Olarte diz que dificuldade está em “classe politizada” e incompreensão

Atualmente, prefeitura enfrenta paralisação em serviços essenciais: educação e saúde

17 AGO 15 - 10h:46ALINY MARY DIAS E KLEBER CLAJUS

Convivendo com duas greves municipais, a dos professores e dos médicos, o prefeito Gilmar Olarte (PP) disse, nesta segunda-feira (17), que a dificuldade em acabar com as paralisações está ligada a “alguns segmentos da classe politizando os problemas”.

Há mais de dois meses, os professores da rede municipal paralisaram as atividades em protesto ao não cumprimento de lei que prevê reajuste de 13,01% do piso salarial. Os médicos, que chegaram a entrar em greve no mês de junho, reiniciaram a paralisação no último sábado (15) depois de corte de plantões e gratificações.

Sem conseguir negociar com os grevistas, Olarte disse, em agenda pública na manhã de hoje, que vai tomar providências nesta semana com objetivo de acabar com a greve dos médicos.

“Nós sentamos na semana passada e chegamos a entendimento com o sindicato. Alguns médicos na assembleia não aceitaram, mas 90% do que pediram para nós na semana passada foi cumprido. O resto será cumprido essa semana”, disse Olarte.

Sobre a paralisação dos professores, o prefeito afirmou que continuará com o diálogo com a categoria, mas que há intolerância e incompreensão por parte dos grevistas em relação ao momento financeiro do país.

“A gente nota da parte dos sindicatos uma vontade real de resolver os problemas, mas o que a gente encontra é alguns segmentos da classe politizando os problemas e a transformando em plataforma eleitoral antes da hora. Isso prejudica a cidade”, disse Olarte.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PSL-MS ressalta que mandatos de deputados são do partido
EM NOTA

PSL-MS ressalta que mandatos de deputados são do partido

Integrantes do PCC fazem motim <br>e ameaçam ataques na Capital
GAMELEIRA

Integrantes do PCC fazem motim e ameaçam ataques na Capital

Turistas que vem ao Estado gastam mais de R$ 1 mil
PESQUISA

Turistas que vem ao Estado gastam mais de R$ 1 mil

Teto do CTI da Santa Casa despenca por conta da chuva
CAMPO GRANDE

Teto do CTI da Santa Casa despenca por conta da chuva

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião