Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

É SÓ PESQUISAR

Gasolina varia 14,9% e economia por litro pode ser de R$ 0,44

Mais estabelecimentos estão reduzindo preços na Capital

12 AGO 15 - 00h:00DA REDAÇÃO

Enquanto o Procon-MS fiscaliza os postos de combustíveis para averiguar se há preço abusivo, a saída dos motoristas para tentar economizar é, ironicamente, rodar mais em busca de promoções. A reportagem do Correio do Estado apurou que a diferença pode chegar a 14,9%, o que equivale a economia de R$ 0,44, no caso da na gasolina. 

A diferença em centavos pode parecer pequena, mas representa uma boa economia ao analisar o gasto para encher um tanque. O litro mais barato encontrado pela reportagem foi de R$ 2,95, já o mais caro, R$ 3,39. Se o motorista abastecer 45 litros no posto com o litro no segundo preço vai pagar o total de R$ 152,55, mas se optar pela empresa em promoção, a conta vai fechar em R$ 132,75. Ou seja, o alívio para o bolso pode ser de R$ 19,80. 

A dica sobre pesquisar e ficar de olho nas promoções é do próprio Sinpetro (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul). “A concorrência é acirrada entre os 170 postos de Campo Grande para tentar vender”, diz gerente executivo, Edson Lazaroto.

(*) A reportagem, de Paula Vitorino, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Ministério Público vai investigar aumento constante do etanol
ECONOMIA

Ministério Público vai investigar aumento constante do etanol

Vídeo mostra momento em que motoqueiro bate contra poste
ACIDENTE

Vídeo mostra momento em que motoqueiro bate em poste

Grupo começa a definir licitação do Aquário do Pantanal
Obras

Grupo começa a definir licitação do Aquário do Pantanal

Batalhão de Choque é enviado para controlar motim em presídio
DOURADOS

Choque é enviado para controlar motim em presídio

Mais Lidas