Terça, 12 de Dezembro de 2017

Desdita

Gaeco deflagra operação contra atuação
da facção PCC em Mato Grosso do Sul

Ao todo, são cumpridos 24 mandados de prisão e 14 de busca e apreensão

18 ABR 2017Por VÂNYA SANTOS07h:40

Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) deflagrou na manhã de hoje a Operação Desdita com a finalidade de coibir crimes, como tráfico de drogas, associação para o tráfico, roubo e organização criminosa praticados pela facção Primeiro Comando da Capital (PCC).

Informações iniciais dão conta de que o Poder Judiciário expediu 24 mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão para serem cumpridos em Campo Grande, Dourados, Naviraí, Brasilândia e Ponta Porã. Algumas das ordens judiciais estão sendo cumpridas em unidades prisionais da Capital.

Participam da Operação Desdita equipes do Batalhão da Polícia Militar de Choque (BPChoque), Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e Diretoria de Inteligência (Dintel).

No Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi, em Campo Grande, pelo menos 20 policiais do Choque, com apoio de cães, e uma equipe do Gaeco cumprem mandados. Ordens judiciais também são cumpridas no Presídio de Segurança Máxima.

Colaborou Renan Nucci

Leia Também