Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

R$ 25 milhões

Funcionários da Omep/Seleta serão
pagos pela prefeitura até 2018

São 2,5 mil funcionários que ainda precisam receber rescisões

9 AGO 17 - 20h:25TAINÁ JARA

O acerto de R$ 25 milhões em rescisões de 2.500 funcionários contratados pela prefeitura por meio dos convênios com a Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária (Seleta) e Organização Mundial para Educação Pré-Escolar (Omep) será feita de forma parcelada e encerrará em 2018.

A data limite foi definida em audiência realizada na tarde desta quarta-feira, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). A decisão também prevê bloqueio nas contas da prefeitura caso os pagamentos não sejam feitos conforme o calendário estabelecido.

O impasse quanto às demissões e a capacidade financeira da administração municipal de fazer estes acertos ocorre desde maio do ano passado, quando o juiz David de Oliveira Gomes determinou a demissão de 4,3 mil funcionários por considerar as contratações irregulares.

O repasse de R$ 6 milhões mensais às entidades serviam como forma de burlar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Sem conseguir realizar as demissões no prazo dado pela Justiça Estadual, o prefeito Marcos Trad (PSD) precisou fazer novo acordo. Apesar de cumprir os prazos para dispensa, 2.500 funcionários ficaram com salário e rescisões atrasados. 

Em audiência com o juiz do Trabalho, Renato Miyasato, ficou definido que até a próxima sexta-feira a prefeitura irá pagar R$ 2,6 milhões referente ao salário de julho.

Até o dia 22 deste mês será feito o repasse de R$ 2 milhões para pagamento preferencial de funcionárias gestantes e com rescisões de até R$ 5 mil.

A partir de setembro, será repassado até o dia 22 de cada mês R$ 2 milhões para pagamento gradativo das rescisões.

O acerto final, de R$ 12,4 milhões, será feito em janeiro, período de arrecadação do Imposto Predial e Territorial Urbarno (IPTU).

“Não tinha como o acerto ser feito de outra forma. Nós estamos passando pelos meses de menores arrecadação da prefeitura municipal”, ressaltou o prefeito Marcos Trad.

ENTIDADES

A Omep e a Seleta também terão de acelerar os serviços de baixa em carteira de trabalho e emissão de guias dos funcionários demitidos.

O juiz estabeleceu multa de R$ 1 mil por carteira caso as entidades não acertem diariamente a documentação de 100 funcionários. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PT e PSL devem ficar com quase 20% do fundo eleitoral
ELEIÇÃO

PT e PSL devem ficar com quase 20% do fundo eleitoral

Dez ruas e avenidas serão interditadas no fim de semana para eventos
TRÂNSITO

Dez ruas e avenidas serão interditadas no fim de semana para eventos

Liverpool leva força máxima para disputar Mundial de Clubes no Catar
CAMPEONATO MUNDIAL

Liverpool leva força máxima para disputar Mundial de Clubes no Catar

Entidades apoiam reforma da Previdência sem emendas
NO ESTADO

Entidades apoiam reforma
da Previdência sem emendas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião