Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

não se feriram

Fogo no mato destrói duas carcaças
de caminhões em transportadora

Bombeiros controlaram as chamas e trabalhadores não se feriram

28 AGO 17 - 16h:53RODOLFO CÉSAR

O incêndio que atingiu a empresa Três Américas, no início da tarde de hoje em Campo Grande, começou em mato de terreno próximo. No momento do fogo, em torno de 20 funcionários estavam no local e eles foram retirados do pátio por precaução.

As chamas atingiram a transportada no horário do almoço, por isso muitos funcionários estavam fora de local de trabalho.

Os Bombeiros deslocaram todas as viaturas para o local, que fica na saída para Três Lagoas, e conseguiram controlar o fogo antes que ele atingisse o galpão da empresa.

Mesmo assim, as chamas destruíram duas carcaças de caminhões, uma baú e outra de uma caçamba. A parede lateral do depósito ficou chamuscada, mas segundo nota oficial da empresa não será preciso haver interdição.

"Informamos que o incêndio que começou no mato próximo à empresa Três Américas, no início da tarde, foi prontamente controlado pelo Corpo de Bombeiros. Ninguém ficou ferido e não houve maiores danos materiais", informou.

Não foi divulgado, em dinheiro, o prejuízo causado pelo fogo. O trabalho de rescaldo dos Bombeiros durou mais de duas horas.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Juiz não aceita Jamil Name em Presídio Federal
MOSSORÓ

Juiz não aceita Jamil Name em Presídio Federal

MEIO AMBIENTE

Especialista vê com cautela bancos de areia em lago de parque da Capital

Areia e sedimentos já estariam no leito e não apontam para novo assoreamento
Detran leiloa quase 800 veículos, com lance inicial de R$ 300
OPERAÇÃO LIMPA PÁTIO

Detran leiloa 800 veículos,
com lance inicial de R$ 300

Carnês do IPVA começam a ser enviados aos contribuintes em MS
IMPOSTO VEICULAR

Carnês do IPVA começam
a ser enviados em MS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião