Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

ESTUPRO DE CRIANÇA

Família não aceita que pastor agiu pela "glória de Deus"

Homem confessou ter abusado de criança, mas disse que agiu pela "glória de Deus"

21 AGO 15 - 00h:00DA REDAÇÃO

Com ar de dissimulado, o pastor que estuprou um menino de dez anos na noite de segunda-feira, em Campo Grande, afirmou ter agido pela “glória de Deus” para tentar convencer a família de que é uma pessoa do bem, mesmo tendo sido preso pelo mesmo tipo de crime há seis anos, segundo a polícia. Conforme o delegado Reginaldo Salomão, plantonista que atendeu a ocorrência, a tática parece ter funcionado, já que até o momento as irmãs do acusado não aceitam nenhuma das versões sobre os abusos.

A família acredita tanto na inocência dele que pôs para fora de casa o jovem que supostamente teria flagrado os abusos e acionado os pais da vítima e, consequentemente, a polícia. “Ele confessou o crime para a polícia, mas quando a irmã dele entrou na sala de depoimento, ele se ajoelhou ao lado dela, disse que estava agindo pela glória de Deus e então os dois fizeram uma oração. Acredito que ele teve esta postura para que as irmãs não se afastassem dele e, talvez, até o ajudassem contratando um advogado”, observou o delegado.

(*) A reportagem, de Renan Nucci, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Prazo para eleitor regularizar título termina em maio
ELEIÇÕES 2020

Prazo para eleitor regularizar título termina em maio

Megaoperação contra a dengue premiará moradores que mais ajudarem nas ações
COMBATE AO AEDES

Megaoperação contra a dengue premiará moradores que mais ajudarem nas ações

Mais de 24 mil candidatos fazem prova para seleção de professor neste domingo
REDE ESTADUAL DE ENSINO

Mais de 24 mil candidatos fazem prova para seleção de professor neste domingo

Menina de 4 anos é internada em estado grave após picada de escorpião
SEGUNDO CASO EM MENOS DE UM MÊS

Menina de 4 anos é internada em estado grave após picada de escorpião

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião