Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Negócios e Eventos

Ex-ministro do Turismo participa de debate na Capital

Evento será a partir das 14h30 no Hotel Deville Prime

25 JUL 17 - 15h:42Izabela Jornada

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) promove hoje, a partir das 14h30, no Hotel Deville Prime, encontro para debater o turismo de negóicos e eventos na Capital. O evento conta com a presença do ex-ministro de Turismo Luiz Barretto Filho. 

O turismo de Negócios e Eventos é o carro-chefe do setor em Campo Grande e por esse motivo empresários e entidades do trade turístico se reunirão para debater melhorias e formas de captar novos eventos para a Capital. 

A mesa de debate será composta pela titular da Sectur, Nilde Brun, pelo presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Bruno Wendiling e pela presidente do Campo Grande Destination, Melissa Tamaciro.

O mediador será o ex-ministro que afirma considerar a Capital desenvolvida por ter dado passos largos para desenvolver o turismo. Luiz Barretto levou em consideração a implantação do Observatório de Cultura e Turismo, que foi lançado em abril deste ano e que tem o objetivo de coletar dados dos turistas e identificar o perfil dos visitantes que passam pela cidade.

“A ferramenta do observatório é muito importante para uma cidade principalmente neste momento aonde nos deparamos com cidades inteligentes, mapeadas. Uma das minhas intenções é debater com os participantes o quesito competição e plano de marketing. Vamos debater a questão para consolidar e mostrar para os turistas que Campo Grande pode e tem capacidade de receber eventos e negócios”, argumentou o ex-ministro.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Polícia investiga se morte de bebê de 7 meses foi por maus-tratos
CASAL PRESO

Polícia investiga se bebê de 7 meses morreu por maus-tratos

Por 3 a 2, 2ª Turma do STF decide manter Lula preso
CASO DO TRIPLEX

Por 3 a 2, 2ª Turma do STF decide manter Lula preso

Médicos que faziam dupla jornada devem devolver R$ 300 mil
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

Médicos devem devolver
R$ 300 mil por dupla jornada

STF rejeita primeiro pedido <br>de liberdade de Lula
CASO DO TRIPLEX

STF rejeita primeiro pedido
de liberdade de Lula

Mais Lidas