Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

Morte a Esclarecer

Esteticista que fazia autoaplicação passa mal e morre; polícia investiga o caso

Foram 30 minutos de manobra de reanimação e uso de adrenalina

29 MAI 2017Por VÂNYA SANTOS09h:00

Investigadores da Polícia Civil apuram as causas de morte da esteticista Francislaine Aretusa de Souza, de 40 anos. Ela fazia autoaplicações, passou mal ontem e chegou a ser socorrida por familiares, mas não resistiu e o caso foi registrado como morte a esclarecer.

Irmão de Francislaine relatou para a polícia que a esteticista estava em casa, na Rua do Carneiro, Vila NhaNhá, em Campo Grande, quando começou a passar mal à tarde. A mãe pediu ajuda ao filho que resolveu não esperar o socorro e levou a irmã, por meios próprios, até a Santa Casa.

A esteticista chegou no hospital com parada cardiorrespiratória e sem pulso. Ela foi submetida a manobra de reanimação durante 30 minutos, inclusive com uso de adrenalina, mas não resistiu e morreu às 17h10.

Ainda conforme o irmão, Fracislaine fazia autoaplicações, no entanto, no boletim de ocorrência não consta a especificação dos produtos que ela aplicava.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também