Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MAU EXEMPLO

Escrivão da Polícia Civil
é demitido por corrupção

Demissão foi publicada na edição desta terça-feira do Diário Oficial

23 JUL 19 - 14h:40EDUARDO PENEDO

O escrivão da Polícia Civil Wellington Aparecido Franco Barbosa foi demitido do quadro de servidores da Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)  por ter violado os deveres funcionais por ter violado os deveres funcionais e praticado as condutas funcionais proibida. A demissão foi assinada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e publicada na edição desta terça-feira (23) no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul.  

No dia 18 de maio do ano passado, o Ministério Público Estadual (MPE) instaurou inquérito contra um escrivão da Polícia Civil que teria se apropriado de valores depositados como fiança em autos de prisão em flagrante. O procedimento foi instaurado pela 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Campo Grande.  

Conforme o MPE, ele estaria se aproveitando do cargo de escrivão para se apropriar indevidamente dos valores depositados para pagamento de fiança em casos de prisão em flagrante. A publicação é encabeçada pelo promotor de Justiça Humberto Lapa Ferri.  

Wellington atuava na 6ª Delegacia de Polícia de Campo Grande.  Em junho de 2017, ele foi afastado de suas funções e teve de devolver a arma e a carteira funcional. Ele também perdeu o acesso ao sistema de dados da instituição policial. O afastamento foi decorrente de uma medida imposta pela Justiça. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Chuva significativa só em setembro, afirma especialista do Cemtec
HAJA HIDRATAÇÃO

Cemtec confirma: chuva mesmo, só em setembro

Aeroporto e Duque de Caxias estão <br>há mais de 3h sem energia elétrica
NO ESCURO

Aeroporto e Duque de Caxias estão há mais de 3h sem luz

Andando em moto, homem é assassinado com quatro tiros
POLÍCIA INVESTIGA

Andando em moto, homem é assassinado com quatro tiros

Ruas são pavimentadas com lajotas produzidas por presos
TRABALHO PRISIONAL

Ruas são pavimentadas com lajotas produzidas por presos

Mais Lidas